Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Medicina da UFLA terá início em março de 2015 – curso já tem autorização do MEC

Publicado: Segunda, 08 Dezembro 2014 07:22 | Última Atualização: Segunda, 24 Novembro 2014 16:24
[caption id="attachment_74048" align="alignleft" width="249"]Perspectiva 3D do prédio que abrigará o Departamento de Ciências da Saúde e o curso de Medicina Perspectiva do prédio que abrigará o Departamento de Ciências da Saúde e o curso de Medicina[/caption] No momento da escolha do curso superior no Sistema de Seleção Unificada (Sisu/MEC), no início de 2015, os estudantes de todo o Brasil terão entre as opções o curso de Medicina da Universidade Federal de Lavras (UFLA) - considerada pelo Índice Geral de Cursos do Ministério da Educação (IGC/MEC) - a segunda melhor universidade pública do País. Os estudantes que participam do Processo de Avaliação Seriada (PAS), na terceira etapa, também poderão optar pelo curso de Medicina. O ato regulatório que oficializa a autorização do MEC para a oferta de 60 vagas anuais (30 por semestre) no curso de graduação em Medicina na UFLA foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), no dia 17 de novembro de 2014. Entusiasmado com a proximidade do início do curso, o reitor da UFLA, professor José Roberto Scolforo, destacou que o processo para a sua implantação tem sido criterioso, pautado na constante busca da excelência acadêmica, com atenção às condições do processo ensino-aprendizagem, disponibilidade de infraestrutura e equipamentos adequados e gestão democrática e colegiada. “O curso de Medicina seguirá os mesmos critérios de qualidade que fizeram com que a UFLA galgasse as melhores posições em índices nacionais de avaliação”, enfatizou. Processo criterioso Em agosto de 2014, o curso foi positivamente avaliado pela Comissão Especial de Avaliação de Escolas Médicas do Ministério da Educação (Ceaem - MEC). Entre os pontos analisados por essa comissão está o Projeto Pedagógico do Curso (PPC), em sinergia com a política do MEC que prioriza a atenção básica e o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o professor Luciano José Pereira, presidente da Comissão de Implantação do Curso de Medicina e chefe do Departamento de Ciências da Saúde (DSA), o projeto pedagógico é inovador ao propor metodologias ativas de aprendizagem, concepção educativa que estimula a crítica e a reflexão no processo de ensino e aprendizagem. Segue, portanto, às Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina (2014). O PPC da Medicina foi construído coletivamente por uma comissão multidisciplinar, composta por professores da UFLA que atuam na área de saúde humana, com a contribuição de médicos e profissionais ligados à Associação Médica de Lavras, Conselho Regional de Medicina - seção Lavras, Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Centro Universitário de Lavras – Unilavras, além da avaliação Ad Hoc de médicos de Lavras, de outras universidades e representantes da Ceaem - MEC. Departamento de Ciências da Saúde (DSA) A criação do DSA foi aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe/UFLA) em 8 de outubro de 2014 e, pelo Conselho Universitário (Cuni/UFLA), em 20 de outubro de 2014. O departamento reúne oito professores, sete dos quais já faziam parte do quadro da Universidade, como docentes em áreas básicas dos cursos de Nutrição, Biologia (licenciatura e bacharelado) e Educação Física (licenciatura e bacharelado). Esses profissionais atuam nas áreas de Fisiologia Humana, Farmacologia, Parasitologia Humana, Saúde Coletiva, Citologia, Histologia, Embriologia e Patologia Humana. Especificamente para o curso de Medicina, o professor Adriano José Pereira é o primeiro médico a compor o quadro docente. Já foram aprovadas e serão em breve anunciadas mais nove vagas para docentes do curso de Medicina, seis delas exclusivamente para médicos e outras três vagas para doutores em diferentes áreas da saúde. Ao longo de 2014, 2015 e 2016, o MEC disponibilizará vagas para a contratação de 60 professores para o curso de Medicina, além de técnicos administrativos já pactuados com a direção executiva da Universidade. Para abrigar o DSA, está prevista a construção de dois prédios, com área total de 4770 m2, próximo à Avenida Sul, na Portaria das Goiabas. O prédio principal terá três pavimentos, com previsão para setor administrativo, salas de estudo em grupo, salas de mentoria, salas de integração, auditório, laboratórios e Centro de Simulação Realística. Em prédio anexo, serão construídos o Laboratório de Anatomia e o Laboratório de Técnica Cirúrgica. Gestão e coordenação A coordenadora do Curso de Medicina é a professora Joziana Muniz de Paiva Barçante, bióloga pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com pós-doutoramento nas áreas de Parasitologia e Imunoparasitologia pela Universidade de Minas Gerais (UFMG). Tem experiência como professora de cursos de Medicina, Odontologia e Enfermagem. Atua como professora de Parasitologia Humana na UFLA desde 2010, é líder do Grupo de Biologia Parasitária da UFLA (CNPq) e pesquisadora do grupo de Helmintologia do Departamento de Parasitologia da UFMG (CNPq). Na UFLA, também coordena o Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (COEP-UFLA) e a Coordenadoria de Prevenção de Endemias. Consulte: http://lattes.cnpq.br/2215560349407105 O professor Luciano José Pereira, chefe do DSA, possui graduação em Odontologia, Doutorado na Área de Fisiologia - pela Universidade Estadual de Campinas/Unicamp (2006), com doutorado sanduíche no exterior - Utrecht Medical Center - Holanda (2005), Pós-doutorado na Unicamp, com vínculo de Pesquisador Colaborador Voluntário (2006-2008). Tem experiência como professor de Fisiologia Humana nos cursos de Odontologia, Psicologia, Biologia, Enfermagem e Tecnólogo em Radiologia. Desde 2009, é professor adjunto do Setor de Fisiologia e Farmacologia da Universidade Federal de Lavras - (UFLA), atuando nos cursos de Educação Física (Bacharelado e Licenciatura), Nutrição, Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura), Medicina Veterinária e Zootecnia. É coordenador do Biotério Central da UFLA e foi coordenador adjunto do Programa de Pós-Graduação em Ciências da UFLA. Consulte http://lattes.cnpq.br/5640205436872222 Medicina UFLA
  • Modalidade:Bacharelado
  • Titulação:Médico
  • Regime:Semestral
  • Período:Integral
  • Duração:12 semestres
  • Nº de vagas por semestre:30
  • Coordenador:Profª. Joziana Muniz de Paiva Barçante
  • Telefone:(35) 3829-1741 ou 3829-5250
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
O curso de medicina tem como objetivo formar um profissional capaz de realizar diagnósticos e tratamentos de doenças humanas, além de promover a saúde individual e comunitária. De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2014, o curso de Medicina visa a habilitar profissionais da saúde, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado a atuar e pautado em princípios éticos no processo de saúde-doença em seus diferentes níveis de atenção, com ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.