Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Comunidade Landell: projeto desenvolvido na UFLA busca beneficiar a educação básica

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 15 Dezembro 2014 07:37 | Última Atualização: Sexta, 05 Dezembro 2014 14:08
comunidade-landell2As tecnologias usualmente utilizadas na Educação a Distância (EaD) podem ser aliadas também dos professores da educação básica. Motivado por essa ideia, o servidor do Centro de Educação a Distância da Universidade Federal de Lavras (Cead/UFLA) Alexandre Carvalho Silva trabalhou em um projeto de mestrado que resultou na criação da Comunidade Landell. Trata-se de um ambiente virtual em que os professores de ensino fundamental e médio podem disponibilizar conteúdos, propor atividades e incentivar a produção compartilhada de conhecimento entre os alunos, de forma a complementar o processo iniciado em sala de aula. A dissertação que embasa o projeto foi defendida em 26/11, sob orientação do professor Ronei Martins, no Mestrado Profissional em Educação (Departamento de Educação – DED/UFLA). Além da importância acadêmica do trabalho, há o ganho social gerado por ele: os recursos da Comunidade Landell estão disponíveis para que professores interessados comecem a utilizá-los. De acordo com o professor Ronei, a estrutura tecnológica instalada hoje para o projeto é limitada, mas suficiente para que alguns professores tenham acesso. “Vamos buscar estabelecer parcerias e criar meios de ampliar a infraestrutura, para que, então, possamos oferecer a plataforma em larga escala, atendendo a municípios, estados e escolas em geral”, explica. [caption id="attachment_75379" align="alignright" width="249"]defesa-alexandre Da esp. p/ a dir.: prof. Vanderlei Barbosa (DED), Alexandre, prof. Ronei e prof. Hélio Lemes (Unifal) - em 26/11 (defesa da dissertação).[/caption] Alexandre iniciou seus trabalhos buscando identificar publicações que fizessem análises teóricas sobre modelos de ensino que mesclassem ferramentas da educação presencial com as da educação a distância no nível básico de ensino, e descobriu que, no Brasil, há uma lacuna de produções na área. Seguiu com a pesquisa, analisando cerca de cem softwares destinados a constituir ambiente virtual de aprendizagem, no intuito de selecionar aquele mais adequado para utilização no ensino fundamental e médio. Considerando critérios como gratuidade, existência de versão em português e disponibilidade de atualizações, a análise comparativa determinou a opção pelo Moodle como base para criação da Comunidade Landell. Sobre a Comunidade Landell Estruturado com poucas categorias, o ambiente virtual da Comunidade pode ser facilmente utilizado por pessoas com habilidades básicas em tecnologia da informação. O nome que recebeu é uma homenagem ao padre e pesquisador Roberto Landell de Moura, responsável pelas primeiras experiências com a comunicação a distância, precursoras do telefone e do rádio, que contribuíram para o desenvolvimento tecnológico nessa área. Além de oferecer as ferramentas necessárias ao professor do ensino básico, o projeto inclui um curso completo para capacitar o usuário a utilizar a Comunidade. Esse curso tem o formato de Massive Open Online Course (MOOC), ou seja, o usuário pode iniciar as atividades a qualquer momento, sem haver a necessidade de formação de turmas. O tempo de conclusão dependerá do ritmo que o cursista adotar para acesso às informações, o que garante sua maior autonomia. O conteúdo da capacitação envolve embasamento teórico sobre a utilização dos recursos da EAD na educação presencial, informações mais instrumentais sobre as funcionalidades do Moodle (como criar uma tarefa, por exemplo) e orientação pedagógica, com propostas de temas de abordagem e sequências didáticas. Nessa última etapa, o participante pode exercitar a utilização dos recursos. Dezenove vídeos foram produzidos para garantir um repasse eficiente do conteúdo. O ambiente virtual possui também uma biblioteca, na qual o professor encontrará links para portais e sites que oferecem conteúdos didáticos de apoio. Professores e profissionais interessados em conhecer a plataforma devem acessar o link http://lppi.ded.ufla.br/landell/, pelo qual poderão obter outras informações sobre o trabalho, saber detalhes sobre o curso de capacitação e, havendo interesse em criar uma sala de aula virtual, poderão entrar em contato com a equipe responsável. A combinação de recursos da educação presencial com os da educação a distância é uma tendência apontada por estudiosos. “Como se constatou que existe grande carência de ambientes virtuais que possam ser usados por escolas públicas, nossa expectativa é de que a Comunidade Landell contribua para a ampliação do uso de tecnologias digitais nas atividades de ensino-aprendizagem da educação básica e, com isso, colabore para a melhoria do ensino público”, afirmam Alexandre e o professor Ronei. Acesse a plataforma: http://lppi.ded.ufla.br/landell/

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.