Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Profissionais e estudantes participaram de curso de manipulação e cortes de carnes na UFLA

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 22 Abril 2015 11:11 | Última Atualização: Sexta, 17 Abril 2015 13:43
curso-carnesO consultor empresarial em cortes de carnes Marcelo Bolinha, que possui 30 anos de atuação no setor, esteve pela primeira vez em Minas Gerais para ministrar o curso “Manipulação e Cortes de Carnes”. O evento ocorreu nos dias 14 e 15 abril, na Universidade Federal de Lavras (UFLA), e foi promovido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMV-MG), por meio de sua Comissão de Zootecnia, com o apoio da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). De acordo com o zootecnista Adauto Ferreira Barcelos, representante do CRMV-MG, o objetivo do curso foi levar conhecimento aos profissionais dos estabelecimentos comerciais, sendo também uma oportunidade de aperfeiçoamento para médicos veterinários, zootecnistas e estudantes dessas áreas. Adauto relatou que o curso foi realizado por meio do Programa de Educação Continuada, projeto mantido pelo CRMV-MG, que incentiva ações na atualização técnica através de apoio institucional e/ou financeiro. “Conheci o Marcelo Bolinha na Expointer (Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários); ao ter contato com o seu trabalho, vi que poderia trazê-lo para Minas Gerais, para realização do curso, sendo que Lavras foi a primeira a ser contemplada, pois a cidade necessita desse tipo de aperfeiçoamento. Nossa intenção élevar o curso para outros locais de Minas”, afirmou Adauto. Para Marcelo Bolinha, o curso é de extrema importância para que carnes de qualidade sejam oferecidas à população. “Fui a alguns locais que fornecem carnes em Lavras e vi que muita coisa deve ser mudada”, afirma o consultor. Visando o aprimoramento nos cortes, o médico veterinário e proprietário de uma casa de carnes de Lavras, Álvaro Carvalho Oliveira, buscou mais conhecimentos no curso. “O curso-carnes-2meu objetivo é investir em carnes nobres, por isso o curso foi primordial”, comentou. Estiveram presentes profissionais de diferentes localidades, como Belo Horizonte, Juiz de Fora, Cambuquira, dentre outras. A médica veterinária Lívia de Oliveira, que trabalha em um abatedouro de frango em Cambuquira, comentou que, por meio do curso, é possível agregar conhecimentos sobre outros tipos de carnes, como a bovina e a suína. Para a médica veterinária Karine Rabelo, que trabalha em um entreposto bovino e suíno em Belo Horizonte, o curso possibilitará que ela oriente melhor os funcionários que lidam diariamente com os cortes de carne. Já para a recém-formada em Medicina Veterinária Nathália Alessandra, a oportunidade foi única. “Trabalho em uma empresa de Belo Horizonte que presta consultoria, dessa forma, o curso foi de extrema relevância para obter mais experiência”, afirmou Nathália. Foram 16 horas de curso, divididas igualmente entre teoria e prática, abrangendo: higiene em estabelecimentos comerciais; organização e apresentação das carnes para comercialização; cortes de bovino, ovino, suíno e aves; desossa com agregação de valor e zero desperdício; cortes inovadores; gerenciamento de câmara fria; entre outros temas.
Texto: Camila Caetano – jornalista bolsista/UFLA

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.