Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Reitor da UFLA é agraciado com a Grande Medalha da Inconfidência – A maior honraria do Estado de Minas Gerais

Publicado: Segunda, 04 Mai 2015 06:18 | Última Atualização: Quarta, 22 Abril 2015 11:47
[caption id="attachment_83638" align="alignleft" width="249"]Reitor recebe a Grande Medalha da Inconfidência, em cerimônia realizada na Praça Tiradentes, Ouro Preto. (Foto: Manoel Marques/Superintendência Central de Imprensa MG) Reitor recebe a Grande Medalha da Inconfidência, em cerimônia realizada na Praça Tiradentes, Ouro Preto. (Foto: Manoel Marques/Superintendência Central de Imprensa MG)[/caption] Mantendo a tradição do dia 21 de abril, a capital do Estado de Minas Gerais foi transferida para Ouro Preto, onde foi realizada, na Praça Tiradentes, a 64ª solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência. A comenda, maior honraria concedida pelo Estado, foi entregue pelo governador Fernando Pimentel a personalidades que contribuíram para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil. Entre os agraciados, com a Grande Medalha, o reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Scolforo. Criada em 1952, pelo governador Juscelino Kubitscheck, a Medalha da Inconfidência possui quatro designações: Grande Colar, Grande Medalha, Medalha de Honra e Medalha da Inconfidência. Durante a cerimônia, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, foi agraciado com o Grande Colar da Inconfidência. [caption id="attachment_83639" align="alignright" width="249"]Autoridades participam da solenidade de agraciamento da Medalha da Inconfidência Autoridades participam da solenidade de agraciamento da Medalha da Inconfidência. Foto: Cibele Aguiar[/caption] Scolforo participou da solenidade em lugar de destaque e foi o terceiro agraciado e receber a medalha das mãos do governador Fernando Pimentel. Feliz e honrado com a comenda, o reitor dedicou a honraria à Universidade, reforçando que o trabalho é resultado de um esforço coletivo. “O reconhecimento é importante, pois sinaliza que nosso trabalho tem rendido bons frutos, não apenas restrito ao meio acadêmico, mas tem contribuído também para o desenvolvimento do Estado e do País”, considerou. O reitor da UFLA estava acompanhado da esposa, Sandra Mara Ferraço Scolforo; da vice-reitora, professora Édila Vilela de Resende Von Pinho; da chefe de Gabinete, professora Ana Carla Marques Pinheiro e do diretor de Tecnologia da Informação do Laboratório de Estudos e Projetos em Manejo Florestal – Lemaf, Samuel Campos. Símbolo de liberdade [caption id="attachment_83640" align="alignleft" width="249"]José Roberto Scolforo e a esposa, Sandra Ferraço Scolforo José Roberto Scolforo e a esposa, Sandra Ferraço Scolforo[/caption] Em seu pronunciamento, o governador destacou o exemplo de luta de Tiradentes e o símbolo de uma injustiça irreparável. “É a encarnação de valores sagrados que podem ser resumidos numa só palavra: liberdade...Seus acusadores pereceram no esquecimento e são notas de pé de página no livro da história. Isso nos mostra que as armações sorrateiras podem se impor por um período, mas acabam desnudadas pelo passar dos anos e se tornam farsas perante à história. Ao fim e ao cabo, os difamadores do humilde alferes foram condenados pelo mais implacável dos tribunais – o tempo ”. A liberdade e a participação popular também foram destacadas pelo governador, que não se abalou diante de alguns protestos. Pimentel valorizou a importância do trabalho realizado pelos agraciados em prol de Minas Gerais. “Esta comenda é o mais alto reconhecimento do governo de Minas Gerais e do povo mineiro aos elevados serviços prestados por todos os senhores e senhoras”, frisou. A Cerimônia [caption id="attachment_83642" align="alignright" width="249"]Scolforo com a esposa, a equipe da UFLA presente na cerimônia e o deputado federal Reginaldo Lopes Scolforo com a esposa, a equipe da UFLA presente na cerimônia e o deputado federal Reginaldo Lopes[/caption] Capital do Estado nesse dia solene, Ouro Preto relembrou o período de 1823 a 1897, em que foi a capital mineira.  Recebido com honras militares na Praça Tiradentes, o governador passou em revista a tropa formada após a execução do Toque de Presença. O Hino Nacional Brasileiro foi executado pelo músico mineiro Pereira da Viola. A solenidade teve sequência com atos protocolares, como a homenagem do governador ao colocar uma coroa de flores no monumento do mártir da Inconfidência. Cadetes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros chegaram à praça com o Fogo Simbólico para o acendimento da pira da Liberdade. A Guarda de Honra da Polícia Militar realizou salva de 21 tiros. As apresentações musicais ficaram por conta da Banda do Rosário e da banda da Polícia Militar. [caption id="attachment_83659" align="alignnone" width="249"]Governador de Minas, Fernando Pimentel e o professor Scolforo Governador de Minas, Fernando Pimentel e o professor Scolforo[/caption] Confira as fotos da cerimônia. Clique na primeira foto e siga a seta para abrir as demais em tamanho expandido. Fotos: Cibele Aguiar  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.
 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.