Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Agroecologia em pauta: curso de extensão incentiva cultivo de hortas nas escolas

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quarta, 20 Mai 2015 06:08 | Última Atualização: Segunda, 18 Mai 2015 11:33
[caption id="attachment_86223" align="alignleft" width="249"]IMG-20150511-WA0015 Aula prática em escola municipal do bairro Cidade Nova.[/caption] As hortas nas escolas de educação básica podem ser um laboratório vivo para que professores de todas as áreas trabalhem diferentes conteúdos com seus alunos. Com o curso de extensão “Agricultura urbana: agroecologia como ferramenta”, que está sendo ministrado na Universidade Federal de Lavras (UFLA), professores de Lavras e região buscam capacitação para empreenderem projetos de manutenção ou criação de hortas em suas comunidades escolares. Também participam estudantes e outros interessados no tema. No terceiro módulo do curso, ministrado em 9/5, os participantes tiveramaula prática em uma escola municipal do bairro Cidade Nova. No local, a mestranda em Desenvolvimento Sustentável e Extensão Raphaela Mendes conduziu a oficina “Construção de Horta”.  No mesmo dia, houve uma palestra sobre Controle Biológico, ministrada pelo professor do Departamento de Agricultura (DAG) Luis Cláudio Silveira. O projeto de cultivo de hortas feito com base nas práticas de agroecologia, em conformidade com as leis e dinâmicas da natureza, sem o uso de fertilizantes minerais ou agrotóxicos, resulta em um alimento mais saudável e estimula o comprometimento dos alunos com as questões ambientais e de saúde. Por isso, a ferramenta foi escolhida como temática do curso e sua adoção é incentivada pelos membros dos Engenheiros sem Fronteiras (EsF – Núcleo Lavras) e do Núcleo de Estudos em Agricultura Orgânica (Neagro), responsáveis pela organização do curso. Para os EsF, a oferta do curso é uma forma de dar continuidade ao projeto Quintal Verde, que teve início em 2012 com a proposta de ensinar crianças em colégios públicos de Lavras a cultivar hortas orgânicas, sem o uso de agroquímicos e produtos fitossanitários. Atualmente a ONG colabora com a manutenção de hortas no colégio Caic e na Escola Estadual Cristiano Souza. “Percebemos que não era suficiente trabalhar somente com os alunos, mas é necessário envolver os professores. Logo, o curso complementa e dá continuidade ao Quintal Verde”, diz a integrante dos EsF Maria Alvarenga. A última etapa do curso, que tem total de 24 horas, será em 23/5, no Anfiteatro do Departamento de Entomologia (DEN), das 8h às 12h. Programação anterior Antes da parte prática, a programação do curso teve dois dias de encontro na UFLA, nos quais foram tratados temas como a “História da educação e a Educação popular”, os “Princípios da agroecologia”, o “Desenvolvimento sustentável”, a “Alimentação na vida contemporânea”, além das abordagens “Horta escolar – interdisciplinaridade e multidisciplinaridade para um ensino analítico e crítico” e “Soberania, segurança alimentar e merenda escolar”. Foram palestrantes o professor do Departamento de Educação (DED) Celso Valin, a integrante dos ESF Maria Alvarenta, o integrante do Neagro Iberê Martí, o professor do Departamento de Engenharia (DED) Gilmar Tavares e membros do Núcleo de Estudos em Alimentos Funcionais (Neaf).

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.