Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Conferência sobre Forragens em Clima Quente contou com palestrantes de seis países

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quarta, 10 Junho 2015 06:58 | Última Atualização: Segunda, 08 Junho 2015 11:26
conferencia-forragiculturaEncerrou-se na quarta-feira (3/6), a Conferência Internacional sobre Forragens em Clima Quente, realizada na Universidade Federal de Lavras (UFLA). Com um público participante de cerca de 180 pessoas, o evento recebeu palestrantes brasileiros e de mais cinco países: Colômbia, Estados Unidos, Inglaterra, Nigéria e Austrália. A organização das atividades foi feita pelo Núcleo de Estudos em Forragicultura (Nefor), com o objetivo de auxiliar na difusão do conhecimento na área de produção, utilização e conservação de plantas forrageiras. A demanda por informações no setor vem do aprimoramento da pecuária nos trópicos, o que exige utilização consciente das pastagens. De acordo com o professor do Departamento de Zootecnia (DZO), Daniel Rume Casagrande, integrante do Nefor, o evento teve resultados positivos. “A possibilidade de parcerias com instituições internacionais e a troca de experiências entre os participantes brasileiros e de outros países, que se inscreveram, enriqueceram a Conferência”. Ele também destacou a parceria com cinco empresas que apoiaram as atividades. Dos 38 trabalhos científicos inscritos no evento, dois foram premiados por terem obtido destaque perante o Comitê Organizador. O Prêmio José Alberto Gomide, para trabalhos na área de manejo de pastagens, ficou com a equipe de Martín Jaurena, autor de “Forage Production Estimated Using In-situ NDVI”. Já a participante Beatriz Carvalho (acompanhada de outros autores) recebeu o Prêmio Antônio Ricardo Evangelista, voltado para trabalhos da área de conservação de forragens. O título da produção foi “Identification of yeasts and molds in corn silage under farm conditions”. [caption id="attachment_87369" align="alignright" width="249"]dia-de-campo-nefor Dia de Campo realizado durante a Conferência Internacional sobre Forragens em Clima Quente.[/caption] A Conferência é um desdobramento do Simpósio sobre Forragicultura e Pastagens, que já havia passado por nove edições, e do Congresso de Forragicultura e Pastagens, com cinco edições anteriores. Esses eventos ganharam nova dimensão em 2015, resultando na Conferência Internacional sobre Forragens em Clima Quente. Foram 12 palestras, proferidas por professores e pesquisadores de universidades e instituições brasileiras e estrangeiras. A tarde do dia 2/6 foi preenchido com um Dia de Campo, realizado em áreas de experimentos conduzidas pelo Nefor. Foram abordados aspectos como o manejo em pastos consorciados, a modelagem do crescimento de plantas forrageiras, os novos cultivares de plantas forrageiras e o manejo de corte do capim-elefante sob capineira. Nefor Criado em 1999 no Departamento de Zootecnia (DZO), o Nefor tem o compromisso de fornecer e difundir novos conhecimentos sobre os sistemas de produção de forrageiras tropicaisAtualmente, sua equipe é formada por vinte e cinco estudantes, incluindo integrantes da graduação e da pós-graduação, e quatro professores. [caption id="attachment_87370" align="aligncenter" width="612"]dia-de-campo-nefor-2 Conferência Internacional sobre Forragens em Clima Quente: equipe e participantes do Dia de Campo (2/6).[/caption]

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.