Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Professor da UFLA desenvolve novos materiais a partir da celulose e seus derivados

Escrito por DCOM | Publicado: Terça, 23 Junho 2015 14:43 | Última Atualização: Sexta, 12 Junho 2015 13:01
[caption id="attachment_87492" align="alignright" width="249"]Prof. Gustavo examina um filme polimérico transparente reforçado com  nanofibras celulósicas de juta Prof. Gustavo examina um filme polimérico transparente reforçado com nanofibras celulósicas de juta[/caption] Uma proposta inovadora, baseada no desenvolvimento de novos materiais a partir de celulose e de seus derivados para utilização em diversos segmentos, está sendo desenvolvida sob coordenação do professor Gustavo Henrique Denzin Tonoli, do Departamento de Ciências Florestais da UFLA (DCF). Ao misturar fibras a constituintes poliméricos ou inorgânicos, procura-se obter materiais mais resistentes, duráveis e com maior absorção de impacto – e mais sustentáveis. Tais materiais têm sido utilizados no desenvolvimento de embalagens mais resistentes e telhas de fibrocimentos, por exemplo, voltadas para o agronegócio e construção civil. Um dos materiais já desenvolvidos é um filme polimérico transparente, reforçado por nanofibras celulósicas de juta (uma planta não madeireira). Esse filme pode gerar embalagens biodegradáveis. [caption id="attachment_87494" align="alignright" width="249"]Polpa de eucalipto, fibra de juta e colmos de bambu e os respectivos materiais compósitos desenvolvidos com nanofibras extraídas deles Polpa de eucalipto, fibra de juta e colmos de bambu e os respectivos materiais compósitos desenvolvidos com nanofibras extraídas deles[/caption] A tecnologia, de acordo com o professor, busca alternativas para os materiais de origem não renovável (derivados de petróleo). São utilizados materiais biodegradáveis, sustentáveis (que utilizam fibras vegetais) e que atendam a mercados específicos interessados em tecnologias ecológicas, menos impactantes, vindas de matérias-primas naturais. Além disso, geram materiais com novas características, como embalagens com propriedades bactericidas. Essa tendência representa um nicho interessante que é pouco explorado, mas que pode ser desenvolvido pelas indústrias de embalagens, têxtil (roupas de fibras naturais), fibrocimento, construção civil e plásticos biodegradáveis. Todos esses são mercados de grande expressão. O produto a ser gerado por meio desta pesquisa possui um apelo ambiental grande e atende a um mercado de materiais mais sustentáveis, logo, com um grande potencial de mercado. ---- inovacao-empreendedorismoFique por dentro das tecnologias que estão sendo desenvolvidas na UFLA, acompanhe a série semanalmente no Portal UFLA. Este é um dos projetos da assessoria de Inovação e Empreendedorismo da Universidade Federal de Lavras. Os professores/pesquisadores que ainda não participaram favor entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..   Veja a lista de matérias já publicadas nesta série sobre tecnologias da UFLA
Amanda Castro – Jornalista da Assessoria de Inovação e Empreendedorismo UFLA