Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

12º Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais está com as inscrições abertas

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Segunda, 10 Agosto 2015 07:49 | Última Atualização: Quinta, 06 Agosto 2015 15:01
Cartaz Concurso Qualidade Caf 2015A Emater/MG já começou a receber as amostras de café dos produtores das quatro regiões cafeeiras de Minas Gerais: Cerrado, Chapadas de Minas, Matas de Minas e Sul de Minas, para participação no 12º Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. Os produtores podem concorrer com o café tipo arábica nas categorias Café Natural e Café Cereja Descascado. As amostras devem ser entregues nos escritórios da Emater até o dia 8 de setembro. Ao fazer a inscrição, o agricultor deve entregar as amostras e apresentar a ficha de inscrição, além do termo de conhecimento e concordância com o regulamento do concurso. A participação é isenta de taxas ou qualquer ônus para os participantes. Para o gerente regional da Emater/MG em Lavras, Marcos Fabri Júnior o concurso é um meio de mostrar que em qualquer local de Minas Gerais é possível produzir cafés com qualidade e características diferentes, para agradar a todos os paladares, além de ter a possibilidade de adotar novas tecnologias a fim de obter resultados positivos para a melhoria constante da qualidade e da produção. Etapas de avaliação Na primeira etapa da avaliação serão feitas análises física e sensorial. Na avaliação física, são observados o tipo dos grãos, a umidade e a coloração. Na sensorial é feita a classificação das amostras de acordo com as qualidades da bebida pronta (classificação quanto ao sabor e aroma). Outra análise sensorial será realizada em uma segunda etapa. Já na última fase serão feitas novamente as análises física e sensorial. A comissão julgadora é composta por, no mínimo, dez profissionais da área. As etapas de análises serão entre setembro e novembro. A cerimônia de encerramento do concurso será entre a segunda quinzena de novembro e a primeira quinzena de dezembro. Os vencedores recebem certificados e prêmios. Os dois cafés que obtiverem a melhor pontuação de cada categoria serão eleitos os melhores cafés de Minas Gerais. Também será entregue a Medalha Destaque em Sustentabilidade, oferecida a um produtor pela participação no programa Certifica Minas Café. Em 2014, o concurso contou com a participação 1.025 amostras de café. Os vencedores das duas categorias foram da Zona da Mata. O Concurso O Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais é realizado pelo Governo de Minas Gerais. A coordenação é da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Emater/MG em conjunto com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), o Instituto Federal do Sul de Minas/Campus Machado e Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe). A iniciativa tem a parceria de diversas instituições, como o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Organização das Cooperativas de Minas Gerais (Ocemg), Federação de Agricultura (Faemg), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetaemg), e cooperativas de café do Sul do Estado.
Camila Caetano – jornalista, bolsista/UFLA, com informações da Emater/MG.

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.