Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Profissionais da UFLA darão suporte ao projeto do hospital universitário por meio de comissões

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 14 Dezembro 2015 08:08 | Última Atualização: Terça, 18 Agosto 2015 13:14
[caption id="attachment_93209" align="alignleft" width="249"]Empresa responsável por desenvolver projeto arquitetônico básico e arquitetônico executivo do hospital universitário apresentou à reitoria e à Comissão o conceito inicial da obra. Empresa responsável por desenvolver projeto arquitetônico básico e arquitetônico executivo do hospital universitário apresentou à reitoria e à Comissão o conceito inicial da obra.[/caption] A Universidade Federal de Lavras (UFLA) teve novos avanços, na última semana, nos trabalhos referentes ao projeto arquitetônico do hospital universitário. Na quarta-feira (12/8), foi assinada a Portaria nº 893, que nomeou uma comissão multidisciplinar para acompanhar as atividades. Os membros dessa equipe já participaram de três reuniões para tratar do tema. Na sexta-feira (14/8), o grupo visitou o local onde será construído o hospital, na companhia do arquiteto da empresa Badermann Arquitetos, contratada por licitação para elaborar o projeto arquitetônico da obra. A empresa é especializada em projetos arquitetônicos hospitalares. O conceito inicial da obra, apresentado em reunião à comissão de trabalho e ao reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo, prevê uma construção inovadora, que possa ser referência para os demais hospitais universitários do país no que se refere à qualidade dos serviços, ao compromisso com a sustentabilidade e ao ambiente humanizado. A ideia é permitir o máximo aproveitamento da luz solar, garantir um sistema de ventilação seguro e eficiente e privilegiar um paisagismo que se beneficiará da área verde do local. “Com este projeto, queremos fugir da planta tradicional dos hospitais, rodeados por espaços construídos”, explicou o representante da empresa. Todo o projeto também será marcado pelo conceito de flexibilidade, para que a estrutura física possa ser rapidamente adaptada à recepção de novas instalações que sejam necessárias no futuro. Pelas primeiras propostas apresentadas, além de toda a infraestrutura física e de equipamentos necessária ao cuidado assistencial com os pacientes, haverá jardins e espaços de convivência que contribuirão para a humanização do ambiente e para a redução das tensões que normalmente afetam pacientes e funcionários. As características do local onde será construído o hospital serão aproveitadas de forma que os cidadãos possam contemplar toda a área natural do entorno. O conceito proposto atendeu às expectativas da Direção Executiva. “O mais importante para nós é que o projeto coloque as pessoas - e seu bem-estar - em primeiro lugar. Queremos que toda a população a ser atendida nesse hospital tenha o melhor ambiente para seus tratamentos de saúde”, disse professor Scolforo durante a reunião. A comissão nomeada para fornecer as orientações técnicas ao projeto arquitetônico é composta por profissionais de diferentes áreas da UFLA, entre elas as da medicina, da nutrição e da enfermagem. Das primeiras reuniões resultou a decisão de que novos profissionais da Universidade serão convidados a integrar grupos temáticos, para colaborar em áreas específicas do projeto. A concepçãodo projeto arquitetônico básico e arquitetônico executivo irá contemplar aspectos ligados à tecnologia da Informação, à organização administrativa do novo hospital, às ações de sustentabilidade (geração de energia elétrica, abastecimento de água, etc), à infectologia, entre outros. Além do projeto arquitetônico básico e arquitetônico executivo, a ser elaborado pela Archtectura Privilegiata, serão licitados os outros projetos complementares, destinados a compor toda a nova estrutura. A previsão é de que a primeira fase de construção – que já deixará a estrutura apta a receber a população – tenha quase 27 mil metros quadrados de área e abrigue toda a área administrativa, a recepção de pacientes externos, consultórios para atendimentos especializados ambulatoriais, centro cirúrgico, laboratório, unidades de tratamento intensivo (UTI’s), unidades de internação semiprivativas (dois leitos por quarto), assim como serviços de apoio técnico e logísticos. Serão 194 leitos, sendo 30 deles de UTI adulto, 10 de UTI Neonatal e 10 de UTI Pediátrica. O hospital universitário da UFLA, com essa estrutura, irá complementar e contribuir com o atendimento de saúde já oferecido em Lavras, além de servir ao ensino e à pesquisa. As instalações serão planejadas já contemplando a presença dos estudantes da área da saúde durante as intervenções. O local que abrigará o hospital universitário, conforme anunciado em abril de 2015 pelo reitor em entrevista coletiva, é uma área localizada [caption id="attachment_93206" align="alignright" width="249"]Equipe da UFLA visita área da Fazenda Muquem onde será construído o Hospital Universitário. Equipe da UFLA visita área da Fazenda Muquem onde será construído o Hospital Universitário.[/caption] na Fazendo Muquem, propriedade da UFLA na Zona Norte da cidade de Lavras. Oito hectares da fazenda serão destinados a esse fim. A área total do imóvel é de 136 hectares. Conheça abaixo os integrantes da Comissão já nomeada. O assessor para Desenvolvimento Acadêmico da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, coordena os trabalhos, sendo responsável por acompanhar, por parte da Reitoria, as ações do curso de Medicina. Nos próximos dias, nova Portaria deve ser assinada, nomeando outros profissionais que contribuirão em grupos multidisciplinares. Comissão nomeada pela Portaria 893, de 12 de agosto de 2015: Thales Augusto Barçante [presidente (DSA)], Joziana Muniz de Paiva Barnçante (DSA), Luciano José Pereira (DAS), Flávia Alvarenga Fernandes Bruzi (Praec), Ívina Catarina de Oliveira Guimarães (DNU), Lucas Giarolla Gonçalves de Matos (DSA), Marcos Vilela de Souza (DSA), Vitor Luis Tenório Mati (DSA), Silvio Augusto Corsini Menicucii (Praec), Lívia Garcia Ferreira (DNU) e Isabela Coelho Castro visita-hospital-5(DNU). Ainda não nomeados, participaram da reunião de apresentação dos trabalhos as professoras do DNU Sabrina Carvalho Bastos, Lílian Gonçalves Teixeira, Mariana Mirelli Pereira Natividade e Carolina Valeriano de Carvalho, além do farmacêutico do DSA Crystian Araújo Pereira. Estiveram presentes, ainda, a vice-reitora, professora Édila Vilela Von Pinho; a chefe de Gabinete, Ana Carla Marques Pinheiro; o assessor para Assuntos Interinstitucionais, professor Antônio Nazareno Guimarães Mendes; o superintendente de Gestão da Proplag, Fauze Alvarenga Carvalho e o professor João Chrysostomo.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.