Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Estudantes de Medicina Veterinária da UFLA orientaram sobre tumores de mama no "Outubro Rosa Pet"

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 04 Novembro 2015 06:40 | Última Atualização: Quinta, 29 Outubro 2015 13:30
IMG-20151026-WA0014[1]O “Outubro Rosa Pet” é uma campanha organizada pela Associação Brasileira de Veterinários Especialistas com o apoio do Instituto Qualittas, para a prevenção do câncer de mama em cadelas e gatas. O Centro Acadêmico de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Lavras (UFLA) explica que esse ainda é o tipo mais comum de tumores nessas espécies. Por esse motivo, ocorreu em todo o País o “Outubro Rosa Pet”, voltado para divulgação e orientação da população sobre o assunto. Para tratar desta temática, o Pet na Praça, desenvolvido por estudantes de Medicina Veterinária da UFLA, teve como abordagem em sua última edição o tumor de mama em animais de companhia. Foram distribuídos 200 panfletos na Praça Dr. Augusto Silva com as devidas orientações. Além disso, os estudantes de Medicina Veterinária da UFLA compartilharam nas páginas dos cursos e dos centros acadêmicos folders com informações de incentivo à castração e realização de exames preventivos nos animais. “Em muitas regiões do País, ainda existe resistência por parte dos proprietários em castrar seus animais por falta de conhecimento. Quando a castração é realizada antes do primeiro cio da fêmea, o risco de desenvolvimento de tumores de mama cai para próximo de zero. A recomendação é que a castração preventiva seja feita até o terceiro cio”, explica o Centro Acadêmico de Medicina Veterinária da UFLA. Já com relação aos exames preventivos, os estudantes explicam que a orientação é que proprietários criem certa rotina de contato com seus pets, para investigar a presença de nódulos ou algo fora do comum. Caso seja identificado qualquer nódulo ou caroço, por menor que seja, o animal deve ser encaminhado a um profissional.26.10.15 1 “A proposta do Outubro Rosa Pet é desmistificar a castração, além de mostrar a importância dos exames de prevenção também nos animais. E nós, como representantes dos discentes de Medicina Veterinária da UFLA, apoiamos essa ideia”, complementa o Centro Acadêmico. Pet na Praça O Pet na Praça é realizado todo último domingo do mês, com o intuito de disponibilizar à população de Lavras e IMG-20151026-WA0013[1]região informações sobre temas relevantes e de interesse da sociedade em geral relacionados à Medicina Veterinária. Além disso, esse projeto busca estreitar as relações entre a comunidade acadêmica da UFLA e a sociedade como um todo, promovendo o intercâmbio de informações e experiências, possibilitando assim o acesso a informações relevantes, muitas vezes restritas ao ambiente acadêmico.
Texto: Camila Caetano – jornalista, bolsista/UFLA.