Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA e Universidade de Lancaster promovem workshop internacional sobre segurança alimentar

Publicado: Sexta, 27 Novembro 2015 01:01 | Última Atualização: Quarta, 04 Novembro 2015 16:00
[caption id="attachment_104628" align="alignleft" width="249"]Uma rede diversificada de pesquisadores para ampliar os estudos em segurança alimentar em uma parceria entre Brasil e Reino Unido Uma rede diversificada de pesquisadores para ampliar os estudos em segurança alimentar em uma parceria entre Brasil e Reino Unido[/caption] Pesquisadores do mundo inteiro estão envolvidos em projetos para encontrar soluções tecnológicas que garantam mais alimentos e, com qualidade, para um mundo em rápido crescimento e transformação. Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), em 2030, o mundo necessitará de 50% a mais de alimentos, 30% a mais de água e 50% a mais de energia, do que já consumimos atualmente. Motivados pela celebração em 2015 do Ano Internacional dos Solos, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Universidade Federal de Lavras (UFLA) sediou o workshop Food Security, promovido em parceria com a Lancaster Environment Centre (LEC) da Lancaster University (Lancs). O evento, apoiado pela Fapemig e British Council, teve a participação de 12 pesquisadores brasileiros, de diferentes instituições e 11 pesquisadores do Reino Unido (Lancaster University e Rothamsted Research). O workshop teve a coordenação do professor Luiz Roberto Guimarães Guilherme pela UFLA e o professor emérito da Lancaster University, Bill Davies. O evento contou ainda com a mentoria de quatro professores de referência: professor emérito da UFLA, Alfredo Scheid Lopes e Luiz Carlos Federizzi (UFRS) pelo Brasil e, Martin Parry (Rothamsted Research) e Nick Ostle (Lancaster University), pelo Reino Unido. [caption id="attachment_104629" align="alignright" width="249"]Bill Davies: o evento superou as expectativas com proposições relevantes para o tema Bill Davies: o evento superou as expectativas com proposições relevantes para o tema[/caption] Como resultado, o grupo de pesquisadores elaborou um documento norteador que apresenta os resultados esperados desta nova rede de colaboração, com benefícios esperados no curto, médio e longo prazo. Entre os pontos abordados, a troca de experiências, a identificação de demandas e a realização de novas pesquisas colaborativas. Sempre com o foco no desenvolvimento de tecnologias que garantam a segurança alimentar da população em todos os países. Informações compartilhadas Pela primeira vez na UFLA, Bill Davies considerou que o evento superou as expectativas, sobretudo, pela capacidade científica dos pesquisadores envolvidos. Ele destacou as pesquisas realizadas na UFLA e a possibilidade de novas e futuras parcerias. Em sua apresentação no workshop, o professor de Lancaster citou as tecnologias usadas na China e de projetos estratégicos e de fácil aplicabilidade voltados para a economia de água. [caption id="attachment_104630" align="alignright" width="249"]Professor Luiz Roberto Gulherme destaca o Brasil na economia agrícola mundial Professor Luiz Roberto Gulherme destaca o Brasil na economia agrícola mundial[/caption] O professor Luiz Roberto Guimarães destacou em sua apresentação a importância da agricultura no Brasil, sinalizando a evolução surpreendente da produção de diversos produtos nos últimos anos, se destacando no cenário internacional. Ele citou desde as tecnologias geradas na Universidad pelos estudos pioneiros do professor Alfred Lopes para avançar a agricultura no cerrado, até as pesquisas recentes da UFLA que envolvem o conceito de fortificação. Em sua fala, ressaltou que as tecnologias empregadas no Brasil nos últimos anos contribuíram para preservar uma área de 110 milhões de hectares, ou seja, 70% da área da Amazônia. [caption id="attachment_104632" align="alignright" width="249"]Ao final do evento, houve uma apresentação de pôsteres, com as pesquisas realizadas em cada instituição de referência. Ao final do evento, houve uma apresentação de pôsteres, com as pesquisas realizadas em cada instituição de referência.[/caption] O professor Alfredo Lopes, um dos tutores convidados para atuar na rede de pesquisa, explanou sobre a necessidade de ampliar os estudos voltados para o desenvolvimento de tecnologias para agricultores de base familiar, incluindo estratégias de segurança alimentar.  Ele mostrou exemplos de ações na África que podem ser replicados em diversos países, inclusive no Brasil. Para o professor da UFLA Luis Roberto Batista, um dos participantes do evento, essa foi uma oportunidade importante de cooperação internacional, com a apresentação de diferentes linhas de pesquisa. O professor, que já tem uma vivência internacional na área de micotoxinas, comemorou que novas parcerias serão firmadas entre pesquisadores brasileiros e ingleses para impulsionar o desenvolvimento de alimentos de qualidade e seguros para o consumo humano. [caption id="attachment_104635" align="aligncenter" width="612"]O evento teve a participação de 12 pesquisadores brasileiros, de diferentes instituições e 11 pesquisadores do Reino Unido (Lancaster University e Rothamsted Research) O evento teve a participação de 12 pesquisadores brasileiros, de diferentes instituições e 11 pesquisadores do Reino Unido (Lancaster University e Rothamsted Research)[/caption]

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.