Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA recebeu secretária de Educação do Estado de MG em seminário sobre direitos humanos e formação de professores

Publicado: Sexta, 18 Dezembro 2015 07:24 | Última Atualização: Terça, 15 Dezembro 2015 12:34
[caption id="attachment_106256" align="alignleft" width="249"]Professora Macaé Maria, secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, durante a palestra Professora Macaé Maria, secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, durante a palestra[/caption] O I Seminário sobre Direitos Humanos e Políticas de Formação de Professores foi realizado no Salão de Convenções da UFLA no dia 12/12. Direcionado para profissionais em Educação em geral, o evento promoveu discussões sobre os direitos humanos e sua inserção na formação de docentes. Nessa ocasião, a secretária de Educação do Estado de Minas Gerais, professora Macaé Maria Evaristo dos Santos, fez uma palestra sobre o tema. Um dos pontos tratados por ela foi a exclusão do negro de políticas públicas, ponto presente, por vezes, na legislação (decretos que proibiram negros de estudar, por exemplo). “Conhecer esses pontos faz compreender melhor o Estado brasileiro e as políticas e disputas que ainda existem hoje”, explicou a professora. Durante o seminário, o coordenador do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica (Comfor/UFLA), professor Vanderlei Barbosa, salientou que a finalidade do Comitê é fazer a interlocução das instituições com o Comitê Nacional de Formação, visando assegurar a política nacional de formação de profissionais da Educação Básica e que, no âmbito institucional UFLA, o Comitê acompanha a execução e avaliação dos projetos que são realizados, como os cursos em Educação Ambiental, Gênero e Diversidade na Escola e Escolas Sustentáveis, e promove eventos como o Seminário. Para o professor Vanderlei Barbosa, o Seminário levanta novas demandas da Educação sobre direitos humanos, enquanto leva temas correlatos às escolas, como sustentabilidade e sexualidade. O coordenador do Centro de Educação a Distância (Cead/UFLA), professor Ronei Ximenes Martins, considerou positiva a presença de protagonistas da educação básica e superior em um mesmo espaço, já que a solenidade congregou autoridades da UFLA, da Assembleia Legislativa e do município de Lavras. O reitor e a vice-reitora da UFLA, professores José Roberto Soares Scolforo e Édila Vilela de Resende Von Pinho, também integraram a mesa de abertura. O professor Scolforo enumerou as iniciativas que a Universidade vem tomando com o intuito de promover a inclusão, como a recente aprovação do direito ao uso do nome social; e enalteceu a importância dos cursos de Pedagogia, especialmente, e licenciaturas, pois os profissionais dessas áreas são os responsáveis pela formação de todos os demais. O evento contou com a participação de discentes e docentes dos cursos de pós-graduação lato sensu em Educação Ambiental com Ênfase em Espaços Educadores Sustentáveis e Gênero e Diversidade na Escola. Houve atividades específicas para cada curso durante a tarde. Fotos: Maria de Fátima Ribeiro

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.