Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ciufla, Conex e Congresso da APG terminaram na sexta (11/12) – conheça os trabalhos premiados

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Segunda, 21 Dezembro 2015 05:13 | Última Atualização: Terça, 15 Dezembro 2015 12:35
image015A cerimônia de encerramento dos congressos científicos da Universidade Federal de Lavras (UFLA) ocorreu na sexta-feira (11/12), no Salão de Convenções. O 28º Congresso de Iniciação Científica (Ciufla), o 10º Congresso de Extensão (Conex) e o 24º Congresso de Pós-Graduação terminaram com um saldo de quase 2,5 mil trabalhos apresentados, um número recorde. Conex A entrega das homenagens aos melhores trabalhos do Conex foi conduzida pelo servidor da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) Jardel Maximiliano dos Santos Dias. Entregaram as homenagens o pró-reitor de Extensão e Cultura, professor José Roberto Pereira, e a presidente da Comissão Científica do Conex, professora Sabrina Soares da Silva. Conheça os trabalhos homenageados: [caption id="attachment_106205" align="alignleft" width="249"]image053 Homenagem aos autores do trabalho que conquistou 1º lugar no Conex.[/caption] 1º lugar: Diagnóstico e controle das doenças de bezerros em sistemas de produção de leite da região de Lavras/MG (2006-2015) Autores: Gleyce Aparecida Sousa, Adriana de Souza Coutinho, Taisa Silva, Ana Flávia Souza Lima e Nathan Felipe Ferreira. 2º lugar:  Direito do Consumidor na Praça Autores: Marcus Vinícius Borges , Amanda Urias Petruci, Camila Regina da Cruz, Carlos Eduardo de Almeida, Kreicy Mara e Isabela Dias Neves. 3º lugar: PET na Praça: Interação do PET Medicina Veterinária com a comunidade do município de Lavras-MG. Autores: Débora Novais Matias, Izabela Cristina Cardoso Alexandre, Letícia Thielmann Carvalho Abud, Rhadanna Tonetti Botelho, Rodrigo Carvalho de Souza e Henrique Ribeiro Alves de Resende. Ciufla Já as homenagens aos trabalhos produzidos para o Ciufla foram conduzidas pelo Pró-Reitor de Pesquisa Adjunto, professor João José Marques. Ele aproveitou a oportunidade para agradecer aos parceiros pelo apoio na realização do evento ao longo dos anos. Citou a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), a Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural (Fundecc), a Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) e a Reitoria da UFLA. A coordenadora do Programa Bic Júnior na UFLA, professora Débora Cristina de Carvalho, estava presente para homenagear o trabalho que se destacou entre aqueles apresentados por membros do BIC Júnior. Intitulado “Caracterização anatômica de fibras do pseudocaule da musa sp”, o trabalho tem como autores Williano Rezende do Carmo Souza, Bárbara Maria Ribeiro Guimarães, Ellison Rosário de Oliveira, Mário Vanoli Scatolino e Gustavo Henrique Denzin Tonoli. Os responsáveis entregar os certificados aos trabalhos de Iniciação Científica que se destacaram nas diferentes áreas do conhecimento foram o pró-reitor de Pesquisa, professor José Maria Lima, e o vice-coordenador de Iniciação Científica da UFLA, professor André Chagas Ferreira de Souza. [caption id="attachment_106206" align="alignleft" width="249"]image071 Homenagem aos autores do trabalho que conquistou 1º lugar no Ciufla.[/caption] A maior premiação foi para o trabalho de Amanda Cristina Silvério. Com orientação da professora do Departamento de Direito (DIR) Maria das Graças Paula e coorientação do também professor do DIR Leonardo Gomes Penteado Rosa, o trabalho tem como título “As representações do trabalho escravo: um olhar sobre a Emenda Constitucional nº 81/14”. Feliz com o reconhecimento, Amanda mostrou-se motivada com suas pesquisas. “Tratamos de um  tema muito relevante tanto no cenário político quanto jurídico”, explica ela, contando que desde o segundo período do curso interessou-se pelo assunto. Para a professora que orientou as atividades, o prêmio é merecido: “Ela está apenas na metade do curso e já demonstra uma grande capacidade de análise, fortalecida pela dedicação que tem às atividades. Isso também é reflexo do potencial do curso. Estou certa de que essa conquista será também um incentivo para outros estudantes da área”, avalia. Conheça as produções das demais áreas de conhecimento que receberam Menção Honrosa no Ciufla: Área: Ciências Agrárias Título: Quantificação de Nitrogênio total em solos adubados com hidrolisado de couro e suas relevâncias agronômicas e ambientais Autores: Lucas Gomes Teixeira, Marcele Gabriel Cannata, Geila Santos Carvalho, Júlia Costa Ferrazani, André Luiz do Sales, Luiz Roberto Guimarães Guilherme. Área: Engenharia Título: Caracterização de lodo de ETE para aplicação na agricultura como principal agente de reuso Autores: Thierry Alexandre Pellegrinetti, Adelir Aparecida Saczk, Ronaldo Fia, Fernanda Figueiredo Collela , Zuy Maria Magriotis,  Rafael Machado Félix de Lima. Área: Ciências da Saúde Título: Efeito da Suplementação com Óleo de Peixe Sobre a Concentração Plasmática das Enzimas Hepáticas Gama-Glutamiltransferase e Fosfatase Alcalina em Modelo de Obesidade Animal por Dieta rica em Carboidrato e Dieta Hiperlipídica Autor: Tatiana Teixeira Silva, Sâmela Klein Silvano, Thais Makiya Vichi , Thatiane Vitoi Ramalho, Lílian Gonçalves Teixeira, Isabela Coelho de Castro. Área: Ciências Exatas Título: Desenvolvimento de Laboratório Remoto para o Ensino de Física Experimental no Ensino Médio e Superior Autores: Eduardo Godinho Ribeiro e Ulisses Azevedo Leitão. O diretor executivo da Fundecc, professor Rilke Tadeu Fonseca de Freitas, participou da entrega dos prêmios, tanto do Conex quanto do Ciufla. A previsão é de que ainda nesta semana sejam divulgados os resultados da avaliação dos trabalhos apresentados no Congresso da APG. Palestra de enceramento Antes da premiação dos trabalhos, o professor do Departamento de Ciências Florestais (DCF) Marco Aurélio Leite Fontes proferiu a palestra de encerramento dos congressos. O tema foi “A universidade e a educação para a sustentabilidade”. Ele chamou a atenção do público para o oportunismo que pode estar oculto sob o discurso da sustentabilidade atualmente propagado na sociedade contemporânea, assim como para a “maquiagem verde” empregada em muitas práticas ditas sustentáveis. Sua proposta é que o tema sustentabilidade seja pensado e tratado como algo complexo. Defendeu ser necessária uma mudança de comportamento que se baseie em valores para a sustentabilidade amparados no conhecimento. A Universidade seria, assim, um espaço de fortalecimento desses valores. Para tanto, há desafios a serem enfrentados, como por exemplo o sistema de valores dominante (que privilegia o consumo, a aceleração, etc.), a falta de diálogo entre áreas do conhecimento e o excesso de informação (que não tem sido transformado em conhecimento e saber). Ao final, professor Marco Aurélio respondeu às dúvidas dos presentes, promovendo reflexões sobre as formas mais sustentáveis para práticas, atividades e relações no ambiente acadêmico.