Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ex-aluno da UFLA recebe medalha de prata em competição internacional

Publicado: Quarta, 17 Fevereiro 2016 06:47 | Última Atualização: Quarta, 03 Fevereiro 2016 06:34
[caption id="attachment_107547" align="alignright" width="229"]humberto Humberto Brandão - ex-aluno da UFLA - se destaca em competição internacional na área de inteligência artificial[/caption] O ex-aluno da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Humberto César Brandão de Oliveira, do curso de Ciência da Computação (2001-2004) conquistou a medalha de prata em um desafio internacional promovido pela empresa britânica Winton Capital, na plataforma online Kaggle. Com este resultado, dentro da comunidade interdisciplinar com mais de 450 mil pesquisadores, o egresso da UFLA está classificado como o 118º melhor data scientist do mundo. Atualmente, Humberto Oliveira é docente na Universidade Federal de Alfenas (Unifal), tendo feito o Doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Mestrado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Sua pesquisa é direcionada para as áreas de Inteligência Artificial e Otimização, com ênfase na criação de algoritmos para High Frequency Trading, utilizando técnicas de otimização e de inteligência computacional. Seu histórico de atuação na pesquisa é marcado pela constante parceria com empresas, com o objetivo de solucionar problemas considerados relevantes no mercado. O desafio em que Humberto foi finalista faz parte de um novo conceito chamado crowdsourcing - terceirização de multidões. Esta ideia geralmente é aplicada quando uma empresa possui um problema complexo e que até então não foi capaz de resolvê-lo. Neste contexto, o problema é detalhado e apresentado para a comunidade mundial, geralmente através de uma plataforma online, divulgando dados para que qualquer pessoa possa tentar criar soluções. O desafio que Humberto participou foi lançado em outubro de 2015, na plataforma online Kaggle, que centraliza quase meio milhão de pesquisadores, de diversas áreas, dispostos a tentar resolver tais problemas. Estes pesquisadores são atualmente chamados data scientists. Empresas e organizações como WikipediaAirbnbCern e Facebook já utilizaram a plataforma Kaggle para recrutar pesquisadores. A competição foi proposta pela Winton Capital, para a previsão de retorno de ações considerando, tanto previsões intraday (minuto a minuto), como também previsões diárias. Para a tentativa da previsão dos retornos, a empresa divulgou também 25 indicadores que os pesquisadores poderiam utilizar nesta tarefa. Neste contexto, 832 pessoas aceitaram o Desafio do Mercado de Ações da Winton Capital que tinha como objetivo a submissão de mais de 7 milhões de previsões. O campeonato terminou no dia 26 de Janeiro de 2016. Ao final da competição, o ex-aluno da UFLA, Humberto Brandão, conquistou a medalha de prata no ranking geral e vai receber a premiação da empresa Winston Capital. “Eu sou imensamente grato ao Departamento de Ciência da Computação da UFLA por ter me proporcionado um bom equilíbrio entre teoria e prática. Eu gostaria de agradecer especialmente aos professores André Luiz Zambalde, Guilherme Bastos Alvarenga e Ricardo Martins pelas horas dedicadas em orientação de iniciação científica e em projetos de extensão. Tenho certeza que isso teve considerável impacto sobre meu desempenho neste campeonato”, considerou.
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.