Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Exposição sobre os solos de Minas no Museu Bi Moreira permanece até final de abril

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 07 Abril 2016 06:15 | Última Atualização: Segunda, 04 Abril 2016 06:09
[caption id="attachment_109225" align="aligncenter" width="612"]Escolas do município,  visitam exposição no Museu Bi Moreira. Alunos visitam exposição no Museu Bi Moreira. Conhecer o solo mineiro, para melhor preservá-lo. [/caption] “Solos de Minas, a riqueza da terra mineira”, em exposição no Museu Bi Moreira da Universidade Federal de Lavras (UFLA), já recebeu diversas visitas, dentre elas, estudantes de escolas do município de Lavras e atletas do Centro Regional de Atletismo (CRIA). As visitas são mediadas pela equipe do Museu e do Núcleo de Estudos em Ciência do Solo (NECS). Na ocasião, os visitantes tem a oportunidade de observar através dos monólitos a diversidade de solos que o Estado de Minas Gerais possui em diferentes regiões, visualizarem como o solo é formado, e ainda refletirem sobre questões relacionadas à conservação do solo e a sua importância para a agricultura e o meio ambiente. Por meio da arte, a ciência do solo é desmitificada e desperta na população o interesse por entender e preservar esse recurso que interfere diretamente em sua qualidade de vida. [caption id="attachment_109226" align="alignright" width="249"]Parceria entre o Museu Bi Moreira e d Núcleo de Estudos em Ciência do Solo: para facilitar o conhecimento! Parceria entre o Museu Bi Moreira e d Núcleo de Estudos em Ciência do Solo: para facilitar o conhecimento![/caption] A exposição foi lançada em 2015 por iniciativa da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam). A coleção de perfis em exposição pertence ao acervo do Banco de Solos do Estado, criado por meio de parceria entre a Feam e a Universidade Federal de Viçosa (UFV). O Banco é resultado da instituição do Programa Solos de Minas, em 2008, que envolveu também a UFLA e a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), além da Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec) e do Centro de Desenvolvimento de tecnologia Nuclear (CDTN). O Programa já desenvolveu diferentes projetos, com a participação de pesquisadores de instituições e centros de pesquisa do Estado, e com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig). O Museu Bi Moreira está localizado no Campus Histórico da UFLA e encontra-se parcialmente aberto para as visitas à exposição até 29 de abril. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Para agendamento de grupos, especialmente os escolares, é necessário entrar em contato pelo telefone: (35) 3829-1205.
Camila Caetano – jornalista/ bolsista UFLA, com informações do estudante de Agronomia Rayner dos Reis

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.