Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Evento na UFLA discutiu o desenvolvimento de startups

Publicado: Quarta, 04 Mai 2016 08:41 | Última Atualização: Segunda, 02 Mai 2016 09:04
[caption id="attachment_110059" align="alignleft" width="249"]palestra-startup-instrumentos-juridicos Eduardo Rufini, Fellipe Guerra, Rodrigo Couto e Larissa Gomes[/caption] Empreendedores da UFLA e da região tiveram a oportunidade de se instruir mais sobre o desenvolvimento de startups: no dia 29 de abril, foi realizado um evento que integrou a palestra “Investimento em Startups: Aspectos e Instrumentos Jurídicos”, a apresentação da startup Arbitrate e debate sobre as especificidades desse tipo de empresa. O evento, realizado no Anfiteatro do Departamento de Ciência dos Alimentos (DCA), foi assistido por mais de 60 pessoas. A empresa do curso de Direito da UFLA Jurídica Júnior promoveu a atividade. O advogado Eduardo Rufini, especializado em Direito Societário, proferiu a palestra. Ele relatou os principais pontos a serem observados pelos empreendedores que estão iniciando sua trajetória nas startups, sobretudo as dificuldades relacionadas aos aspectos jurídicos e contábeis. De acordo com o advogado, é preciso que sejam observados tais pontos com cautela para evitar problemas. Ele também relatou como startups de sucesso, como o Facebook, venceram suas barreiras iniciais e se consolidaram. O advogado argumentou que “O momento propício para a criação de uma startup é durante a faculdade. É um período no qual o aluno está motivado a explorar e está em contato com pessoas diferentes, mas igualmente interessadas. Nesses encontros é que surgem as boas ideias”, apontou. “As principais startups do mundo também foram criadas dentro das universidades, o que reforça a tese de que esse é um excelente momento para se fazer isso”. Para exemplificar o conteúdo apresentado por Rufini, o evento contou com a participação da startup lavrense Arbitrate, criada pela advogada Larissa Gomes e pelo profissional de Sistemas de Informação Rodrigo Couto. Os empreendedores demonstraram como a empresa atua na resolução de conflitos jurídicos por métodos alternativos, como a mediação e a conciliação, a partir de uma plataforma virtual. A Arbitrate facilita a comunicação entre as partes envolvidas e as conecta a mediadores capacitados, agilizando a resolução de conflitos e diminuindo custos. A análise da Arbitrate foi feita em uma mesa de discussões conduzida pelo professor de Direito Empresarial Fellipe Guerra David Reis, do Departamento de Direito da UFLA (DIR). Nesse debate, foram enfatizadas as especificidades das startups em relação a outras empresas, o que evidenciou a necessidade de profissionais (sobretudo contadores e consultores jurídicos) com conhecimento nessa área. Startups Esse formato de investimento, que se popularizou no Brasil após os anos 2000, consiste em uma empresa que se inicia a partir de uma ideia inovadora, com grande potencial de crescimento. São investimentos que podem dar grande retorno a investidores, mas também apresentam enorme risco.
Contribuição: Samuel Furtado
 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.