Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Reitor e professores da UFLA visitam instituto na França para ampliar parcerias na área de mobilidade urbana

Escrito por Cibele | Publicado: Segunda, 30 Mai 2016 04:54 | Última Atualização: Quarta, 11 Mai 2016 11:43
[caption id="attachment_112281" align="alignleft" width="249"]UFLA no mapa das instituições que buscam soluções para a mobilidade urbana UFLA no mapa das instituições que buscam soluções para a mobilidade urbana. Parceria UFLA e Instituto Vedecom para o desenvolvimento de veículos autônomos e inteligente[/caption] Durante esta semana (9 a 14/5), o reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), professor José Roberto Scolforo, acompanhado do diretor de Relações Internacionais, professor Antônio Chalfun Júnior, participam de uma agenda internacional para ampliar as parcerias estratégicas da Universidade. A missão inclui cidades da França e Suíça. Na segunda-feira (9/5), a visita técnica ao Instituto Vedecom (Institut du Véhicule Décarboné et Communicant et de sa Mobilité) em Versailles, na França, teve a presença do coordenador do Laboratório de Mobilidade Terrestre da UFLA (LMT/UFLA), professor Arthur de Miranda Neto (DEG/UFLA). A visita reafirmou o compromisso da Universidade com projetos e pesquisas que buscam soluções para a mobilidade urbana sustentável. Teve como objetivo principal a apresentação dos projetos em andamento no Instituto Vedecom, bem como a identificação de novas formas de colaboração com a UFLA. Reconhecendo essa demanda de impacto social tão relevante, a UFLA oficializou, em fevereiro deste ano, parceria com o Instituto Vedecom, que inclui propostas no contexto do Laboratório de Mobilidade Terrestre da UFLA, e fazem parte dos objetivos do Instituto Brasileiro de Ecomobilidade (IBEM), do qual a UFLA é membro fundador e tem assento no Conselho de Administração. [caption id="attachment_112282" align="alignright" width="249"]Representantes da UFLA são recebidos no Instituto Vedecom para fortalecer parcerias Representantes da UFLA são recebidos no Instituto Vedecom para fortalecer parcerias[/caption] Para o reitor, professor Scolforo, a visita possibilitou a constatação de um avançado estágio tecnológico e de inovação, voltado para o desenvolvimento de soluções ambientais e para a eficácia da mobilidade urbana. “Visualizamos projetos estratégicos para a UFLA avançar drasticamente nesses temas, com parceiros nacionais e internacionais, incluindo parcerias público-privadas que unem esforços de atores da academia, do governo e da indústria”, considerou. Ampliando as fronteiras Durante a visita ao instituto francês, representantes da UFLA tiveram a oportunidade de participar de uma demonstração do veículo autônomo Vedecom na pista de testes de Satory, realizada pelos pesquisadores Mohamed Cherif Rahal e Guillaume Bresson. “O carro autônomo nos leva a pensar que estamos num mundo de ficção, tamanha a gama de tecnologia envolvida, as possibilidades futuras e as diferentes formas de inclusão das pessoas”, destacou o reitor, reforçando a importância da interação com o instituto Vedecom, a participação da UFLA na criação do Instituto de Eco-Mobilidade no Brasil e a futura construção da pista de testes para veículos e tratores inteligentes no câmpus da Universidade. [caption id="attachment_112283" align="alignleft" width="249"]Equipe em visita ao Laboratório de Prototipagem de Motores Elétricos Equipe em visita ao Laboratório de Prototipagem de Motores Elétricos[/caption] Ainda no Instituto, o pesquisador Bertrand Leroy fez a apresentação do projeto europeu Opticities – com foco no desenvolvimento de soluções para mobilidade urbana.  Na sequência, eles tiveram a oportunidade de conhecer o Laboratório de Prototipagem de Motores Elétricos, com a explanação do pesquisador Franck Vangraefschepe, que destacou as atividades e equipamentos recentemente instalados. Para finalizar, houve uma reunião com a presença do diretor-geral do Vedecom, Antoine Mullender, que esteve em fevereiro na UFLA para a assinatura do acordo entre as instituições. A visita da delegação foi organizada pelo diretor-científico do Instituto Vedecom e coordenador das atividades do IBEM no Brasil, professor Victor Hugo Etgens, e pela advogada e doutoranda em direito Andrea Martinesco. [caption id="attachment_112284" align="alignright" width="249"]Apresentação do projeto europeu Opticities – com foco no desenvolvimento de soluções para mobilidade urbana Apresentação do projeto europeu Opticities – com foco no desenvolvimento de soluções para mobilidade urbana[/caption] Na avaliação do professor Arthur, que coordena as pesquisas na UFLA, a parceria com o Instituto Vedecom é muito significativa e a visita ampliou as possibilidades de interação. Ele comentou que a parceria integra programas de formação de alto nível para cursos da área de Engenharia, além de estar em compasso com o projeto de internacionalização e o estabelecimento do Parque Científico e Tecnológico de Lavras (Lavrastec). “A UFLA, mais uma vez, está na vanguarda, ao trazer para o Brasil uma proposta inovadora de mobilidade urbana, sinalizando que está preparada para os desafios do futuro", enfatizou. Mobilidade Urbana segura e eficaz O professor Arthur explica que os modelos multimodais de transporte aplicados à mobilidade urbana têm valor estratégico importante, pois propiciam significativa melhora na qualidade de vida das pessoas, uma vez que criam sistemas de transporte mais eficientes e seguros. Um sistema integrado de mobilidade potencializa e transforma modelos de transporte existentes a partir da inclusão de novas tecnologias. [caption id="attachment_112285" align="alignleft" width="249"]Estudo de viabilidade para a UFLA do uso de bicicletas elétricas para deslocamentos no câmpus Estudo de viabilidade para a UFLA do uso de bicicletas elétricas para deslocamentos no câmpus[/caption] Entre as linhas prioritárias de pesquisas no âmbito da parceria estão os veículos inteligentes e autônomos, que têm o potencial de reduzir o número de acidentes a partir de um conjunto de sensores e atuadores operando em tempo real, tema que alimenta o sonho de autonomia para pessoas com deficiência, hoje privadas de locomoção independente; além de permitir a melhoria do tráfego com veículos conectados à infraestrutura, fazendo parte de um ecossistema multimodal de transporte inteligente. Outra linha inclui a utilização de motores elétricos, que contribui para a diminuição da emissão de poluentes e reduz ruídos gerados por motores à combustão, contribuindo para a diminuição de custos básicos de manutenção do veículo. Os estudos também deverão focalizar a utilização de bicicletas elétricas em deslocamentos rotineiros, que utilizam células de hidrogênio como fonte de energia para motores elétricos, permitem uma autonomia de cerca de 150 Km e apresentam a vantagem de poderem ser recarregadas em poucos minutos.