Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Aprendizado além da sala de aula: estudantes da UFLA realizaram visita técnica à empresa Bayer

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 22 Junho 2016 14:39 | Última Atualização: Terça, 21 Junho 2016 08:45
bayer O conhecimento adquirido em visitas técnicas é primordial na formação dos estudantes. Pensando nisso, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) procura sempre apoiar seus discentes no que tange a extensão do aprendizado. Assim, os membros da empresa PQ Júnior- Projetos e Consultoria estiveram em visita técnica na Bayer, acompanhados da professora Maria Lúcia Bianchi, do Departamento de Química (DQI). Durante a visita, os estudantes receberam informações do funcionamento da empresa e os seus setores, foram acompanhados nas visitas às salas de controle, envase, produção, laboratório de controle de qualidade, entre outras. Para a estudante de Engenharia Química Rafaela Oliveira, trainee da PQ Júnior, a visita foi de extrema importância. “Foi uma experiência incrível, ver tão de perto como funciona é muito interessante. Pude perceber a preocupação da Bayer com todos seus funcionários e a seriedade com que trabalham, o que realmente é um diferencial em uma empresa”, relatou. Além disso, os estudantes assistiram aos vídeos sobre o funcionamento do Parque Industrial da Bayer, de seus produtos e de empresas parceiras. Foram aos locais de produção dos diferentes defensivos agrícolas fabricados no Parque, acompanhando de perto a monitoria dos aparelhos e a tecnologia de empacotamento. Também conheceram a estação de tratamento de água do rio Sarapuí, pertencente à Bayer. Viram que todo o recurso hídrico utilizado pela empresa é proveniente de seu próprio tratamento, para não alterar a distribuição da água tratada que seria encaminhada para a população da Baixada Fluminense. “Em relação à experiência que tivemos, sensação melhor, impossível. Os responsáveis por nossa visita foram extremamente atenciosos do início ao fim. Em cada local que nosso grupo parava, tínhamos explicações sobre o que estava acontecendo e, por vezes, eles próprios nos incentivavam a tirar fotos em conjunto”, comentou a estudante de química, diretora de Projetos da PQ Júnior, Janaína Faria.
Texto: Camila Caetano – jornalista/ bolsista UFLA. Sugestão de pauta: Marina Chaves de Oliveira- bolsista Proat/ Ascom