Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

UFLA participa de Audiência Pública da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da ALMG

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 09 Agosto 2016 11:09 | Última Atualização: Sexta, 05 Agosto 2016 05:21
[caption id="attachment_117078" align="alignright" width="249"]Audiência Pública da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais discute assuntos pertinentes ao setor cafeeiro Audiência Pública da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais discute assuntos pertinentes ao setor cafeeiro[/caption] Foi realizada na terça-feira (2/8), no município de Machado (MG), Audiência Pública da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) onde foram recebidas, discutidas e votadas proposições da comissão sobre a cafeicultura no Estado. A Universidade Federal de Lavras (UFLA) foi representada pelo Departamento de Administração e Economia (DAE) e Agência de Inovação do Café, através do professor Paulo Henrique Leme. Ele ministrou uma palestra sobre o mercado de café no cenário atual e falou sobre o futuro da cafeicultura em Minas Gerais. Durante a assembleia foram apresentados os projetos estratégicos do Consórcio Público para o Desenvolvimento do Café no Sul e Sudoeste Mineiro (ConCafé) que contribuem com o marketing dos Cafés de Minas Gerais e para a geração de informações de qualidade para o produtor e para a cadeia como um todo, projetos esses que serão desenvolvidos com o apoio da UFLA e InovaCafé. Cafeicultores cobram segurança do governo mineiro [caption id="attachment_117079" align="alignleft" width="165"]Professor Paulo Henrique Leme aborda o mercado de café no cenário atual e o futuro da cafeicultura em Minas Gerais Professor Paulo Henrique Leme aborda o mercado de café no cenário atual e o futuro da cafeicultura em Minas Gerais[/caption] Um documento com reivindicações a serem encaminhadas ao governador do Estado foi apresentado e discutido com os cerca de 200 participantes durante a reunião. A carta foi elaborada pelo Concafé e endossada pela Comissão de Agropecuária e Agroindústria. A lista de reivindicações foi apresentada pelo presidente do Concafé e prefeito de Alfenas (Sul de Minas), Maurílio Peloso. O ponto mais enfatizado pelos participantes do encontro foi a falta de segurança no campo, com ocorrências que vão desde o roubo de produtos até assassinatos, inclusive por quadrilhas organizadas. Além de solicitar providências que garantam a segurança no meio rural, a carta discutida durante a assembleia também enumera reivindicações como a ampliação do programa de certificação do café mineiro, apoio financeiro e logístico do Estado para apresentação do produto em feiras nacionais e internacionais, captação de recursos para programas de melhoria da qualidade do café e desburocratização e elevação do seguro de produção (preço mínimo). Entre as reivindicações feitas na carta, uma delas é que o governo contribua, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), da parceria do Concafé com a UFLA e a InovaCafé, com objetivo de utilizar ferramentas de tecnologia de informação e comunicação para levar informações sobre o mercado cafeeiro e custos de produção para produtores de café.
Texto: Vanessa Trevisan (ASCOM InovaCafé) com informações da ALMG e Fotos: Sarah Torres (ALMG)

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.