Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Diretor do IEF visita UFLA e sinaliza novas parcerias em projetos ambientais

Publicado: Quinta, 18 Agosto 2016 10:17 | Última Atualização: Segunda, 15 Agosto 2016 14:06
[caption id="attachment_117331" align="aligncenter" width="612"]Reitor da UFLA, professor Scolforo, e o diretor-geral do IEF, João Paulo Sarmento, se reúnem para avaliar novas formas de parcerias Reitor da UFLA, professor Scolforo, e o diretor-geral do IEF, João Paulo Sarmento, se reúnem para avaliar novas formas de parcerias[/caption] Referência nacional e internacional em projetos ambientais estratégicos, a Universidade Federal de Lavras (UFLA) orgulha-se de manter um conjunto de parcerias com instituições públicas e privadas para o desenvolvimento florestal sustentável e a proteção da biodiversidade do Estado de Minas Gerais. Na última semana, o reitor da UFLA, professor José Roberto Scolforo, recebeu a visita do diretor geral do Instituo Estadual de Floresta (IEF), João Paulo Mello Rodrigues Sarmento. A visita teve o objetivo de reforçar a parceria exitosa entre a UFLA e o IEF. “Como órgão responsável pela gestão da biodiversidade e desenvolvimento florestal, o IEF depende do apoio da academia para o desenvolvimento de projetos estratégicos, além do apoio em diferentes linhas de capacitação e atualização profissional. A parceria com a UFLA tem sido fundamental para o desenvolvimento ambiental do Estado e vislumbramos muitas outras possibilidades”, enfatizou Sarmento. Entre os projetos na lista de prioridades, a atualização do Inventário Florestal do Estado de Minas Gerais, coordenador pelo professor Scolforo e equipe do Laboratório de Estudos e Projetos em Manejo Florestal – Lemaf. O Inventário teve início em 2003 e representou um marco para o planejamento e gestão ambiental pelo IEF, pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e por outras esferas do governo do estado de Minas Gerais. Os dados são utilizados como referência tanto para fins de planejamento de políticas públicas, como para auxiliar na prevenção do desmatamento. Segundo João Paulo Sarmento, a atualização deverá mostrar os avanços e os pontos em que o Estado ainda precisa melhorar, servindo de comparativo para apoiar novos programas de proteção dos recursos ambientais mineiros. Para o reitor da UFLA, as parcerias com o IEF são de extrema relevância tanto para a Universidade, quanto para o fortalecimento do Estado, sobretudo, em temas que envolvem a proteção da biodiversidade, incluindo o ser humano como agente pertencente e participativo do processo de desenvolvimento sustentável. Novos projetos Além do inventário, também foram abordados outros projetos com potencial de parceria, como a ampliação de pesquisas em unidades de conservação do Estado, a recuperação  de áreas de preservação e a retomada dos programas de desenvolvimento florestal por meio de fomento, como exemplo, oportunizar crédito de carbono em programas como o Bolsa-Verde e o Cadastro Ambiental Rural (CAR). “O IEF e a UFLA sempre foram grandes parceiros. Sob a coordenação do professor Scolforo, desenvolvemos projetos estratégicos para o Estado e o País na área de desenvolvimento e preservação florestal. Em diferentes ações que participamos conjuntamente, é notável a capacidade de transformar a pesquisa científica em tecnologias que trarão, de fato, melhorias não apenas para a Universidade, mas para toda a sociedade”, finalizou o diretor do IEF.  

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.