Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

200ª defesa de tese do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia marca o início das comemorações de 40 anos

Publicado: Sexta, 30 Setembro 2016 13:42 | Última Atualização: Sexta, 23 Setembro 2016 06:44
[caption id="attachment_121686" align="alignleft" width="249"]200ª tese de Doutorado inicia celebração dos 40 anos do PPGZ 200ª tese de Doutorado inicia celebração dos 40 anos do PPGZ[/caption] Em 2016, o Programa de Pós-Graduação em Zootecnia (PPGZ) comemora 40 anos de funcionamento e, para marcar o início das festividades, no dia 14 de setembro foi realizada a defesa da 200ª tese de Doutorado. Raquel Tatiane Pereira completou a lista de 200 doutores titulados pelo Programa, com a tese intitulada: Nile Tilapia (Oreochromis Niloticus): Enteroendocrine Peptides And Functional Amino Acids, A tese defendida reforça os avanços do Programa no quesito “internacionalização”. Escrita integralmente na língua inglesa, a tese reúne dois artigos, com ênfase em nutrição de peixes, sob a orientação da professora Priscila Vieira Rosa, do Departamento de Zootecnia (DZO). A tese aborda a suplementação de aminoácidos funcionais (arginina e glutamina) em rações para tilápia do Nilo. A estudante e a orientadora foram responsáveis pela criação e atividades realizadas no Laboratório de Histologia e Imunohistoquímica do DZO/UFLA. O primeiro artigo agrupa resultados de pesquisas realizadas na UFLA e na Universidade Nacional de Rosário (UNR), na cidade de Casilda, Santa Fé – Argentina, onde Raquel realizou treinamentos técnicos durante o Mestrado, sob a coorientação do professor Fabrício Vigliano. O segundo artigo inclui os resultados obtidos na UFLA e durante o doutorado sanduíche realizado de março de 2015 a fevereiro de 2016, na Texas A&M University, Texas – Estados Unidos, com a coorientação do professor Delbert Gatlin, um dos mais renomados pesquisadores da área, autor de mais de 300 artigos e do livro mais seguido e citado na área de nutrição de peixes, e editor dos periódicos mais consagrados, como a Aquaculture. [caption id="attachment_121687" align="alignright" width="249"]coordenador do PPGZ e pró-reitor adjunto de Pós-Graduação, professor Márcio Machado Ladeira, professora Priscila Rosa, orientadora e pró-reitora adjunta de Pesquisa e a recém-doutra Raquel Pereira Coordenador do PPGZ e pró-reitor adjunto de Pós-Graduação, professor Márcio Machado Ladeira, professora Priscila Rosa, orientadora e pró-reitora adjunta de Pesquisa e a recém-doutra Raquel Pereira[/caption] Raquel sintetiza a experiência na pós-graduação da UFLA como a mais enriquecedora, tendo possibilitado a abertura de uma nova visão sobre a ciência e a atividade profissional. Sobre a vivência internacional possibilitada pelo Programa, ela tão é enfática: “Ir para o Texas A&M University foi uma das melhores experiências da minha vida. Tanto do ponto de vista profissional como pessoal. Eu tenho muito orgulho de tudo que consegui fazer”, complementa. Para a professora Priscila Rosa, que também é pró-reitora adjunta de Pesquisa e coordenadora dos Programas de Iniciação Científica, é uma honra orientar a 200ª tese de doutorado do PPGZ. “Esse é mais um trabalho que vem reforçar a característica multidisciplinar do Programa, a formação diferenciada dos seus egressos e contribuição para a internacionalização da UFLA”, considera. A 200ª tese defendida no PPGZ teve a seguinte representação na banca examinadora: Priscila Vieira Rosa (orientadora e presidente da banca), professores Marvio Lobão Teixeira de Abrir e Vinícius de Souza Cantrell (DZO/UFLA), professor Luciano José Pereira (Departamento de Ciências da Saúde DSA/UFLA), professor Wilson Massamitu Furuya (UEPG/PR) e professor-visitante José Fernando López Olmeda (Universidade de Murcia – Espanha). 40 anos do PPGZ [caption id="attachment_121688" align="alignleft" width="249"]40 anos de formação: PPGZ tem o objetivo capacitar o discente de pós-graduação também com visão para a inovação tecnológica e o empreendedorismo 40 anos de formação: PPGZ tem o objetivo capacitar o discente de pós-graduação também com visão para a inovação tecnológica e o empreendedorismo[/caption] Além dos 200 doutores já titulados pelo Programa, desde 1976 mais de 500 estudantes obtiveram o título de Mestre em Zootecnia. De acordo com o coordenador do PPGZ e pró-reitor adjunto de Pós-Graduação, professor Márcio Machado Ladeira, o objetivo principal é a formação de profissionais com sólido conhecimento teórico e prático para atuar na solução de problemas gerais e específicos da pecuária e outras criações de animais no Brasil, visando, assim, preencher as demandas de capacitação de profissionais dos setores de ensino, pesquisa, extensão e para o agronegócio industrial. “O PPGZ também apresenta como objetivo capacitar o discente de pós-graduação com visão para a inovação tecnológica e o empreendedorismo, que são áreas de conhecimento determinantes na conquista de diferencial competitivo em um mercado cada vez mais globalizado, complexo e exigente”, enfatiza Márcio Ladeira. Atualmente o PPGZ conta com 40 estudantes de mestrado e 49 de doutorado, sendo 12 estudantes estrangeiros.          

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.