Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Ex-aluno da UFLA recebe honraria pelo desempenho em doutorado nos Estados Unidos

Escrito por Cibele | Publicado: Sexta, 07 Outubro 2016 13:38 | Última Atualização: Quinta, 29 Setembro 2016 08:09
[caption id="attachment_117540" align="alignright" width="249"]Henrique Ferraço: reconhecimento acadêmico pelo alto desempenho no doutorado Henrique Ferraço: reconhecimento acadêmico pelo alto desempenho no doutorado[/caption] Doutorado pleno aprovado pelo CNPq rende reconhecimento acadêmico e parceria entre instituições americanas e UFLA Em 2014, o ex-aluno da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Henrique Ferraço Scolforo, do curso de Engenharia Florestal, iniciou o doutorado pleno na North Carolina State University (NCSU).  Tendo como tema prioritário de estudo a modelagem florestal, especificamente o desenvolvimento de modelos híbridos para expressar o crescimento e produção de clones de Eucalyptus sujeitos a diferentes condições ambientais no Brasil, o ex-aluno tem ganhado destaque pelo alto desempenho. Conjuntamente ao doutorado pleno, Henrique foi aprovado no programa de Mestrado em Estatística e Matemática na NCSU, com previsão de término em abril de 2017. Henrique Ferraço foi condecorado com a maior honraria entre as universidades americanas por excelente desempenho escolar. O doutorando foi iniciado como membro da Sociedade de Honra “Phi Kappa Phi”, a mais antiga e seletiva sociedade de honra universitária, em reconhecimento por sua excelência acadêmica, estando entre o top 5% no ranking de melhores alunos dos Estados Unidos (EUA). Adicionalmente ao feito, também foi condecorado pela sociedade de honra “Xi Sigma Pi”, a mais prestigiosa honraria internacional florestal. Esta sociedade foi fundada em 1908 para assegurar, estimular e manter um alto nível de desempenho escolar no ensino da Engenharia Florestal. Trajetória de sucesso [caption id="attachment_124003" align="alignleft" width="187"]henrique-editada Condecoração destaca ex-aluno da UFLA no rol dos melhores estudantes dos Estados Unidos[/caption] Para Henrique Ferraço, a base que sustentou esse desempenho foi o curso de graduação em Engenharia Florestal (UFLA) e o Mestrado em Engenharia Florestal (UFLA). Ainda na graduação, realizou um período sanduíche como bolsista do programa Ciência Sem Fronteiras na NCSU, além de ter realizado estágios, ter atuado como bolsista e como monitor voluntário da disciplina Economia Florestal. A tese em desenvolvimento faz parte do projeto “Tolerância de Eucalyptus Clonais aos Estresses Hídrico e Térmico (Techs)”, que engloba uma rede de estudos permanentes em todo o Brasil, incluindo o norte do Uruguai, num total de 26 empresas norte e latino- americanas apoiadoras. Pela dinâmica do projeto, foi convidado como pesquisador adjunto da maior cooperativa florestal americana para estudos de silvicultura – “Forest Productivity Cooperative (FPC)”, localizada na NCSU, e da “Forest Modeling Research Cooperative (FMRC)”, sediada na “Virginia Polytechnic Institute and State University (VirginiaTech)”. Dessa interação, em março de 2016, foi oficializada uma parceria entre a VirginiaTech, FMRC e a UFLA. Para Henrique, observando o prestígio mundial conquistado pela FMRC e Virginia Tech, a parceria celebrada com a UFLA se destaca como mais uma forma de fortalecimento do processo de internacionalização. Essa parceria já rendeu ao doutorando o apoio de dois dos maiores biometristas do mundo: Harold Burkhart, considerado o pai da biometria aplicada e moderna, e John Paul McTague, reconhecido como o representante da indústria americana no que concerne ao desenvolvimento de modelos aplicados ao empreendimento florestal. A ampliação da rede de colaboração faz com que o estudo tenha ainda mais relevância e a aprovação de artigos em periódicos com alto fator de impacto. Além de conquistar publicações revistas mais renomadas da área florestal, o doutorando comemora dois artigos em fase final de avaliação, na Forest Science e na disputada revista Nature. Todos esses estudos publicados contam com a participação de pesquisadores brasileiros e americanos.