Ir direto para menu de acessibilidade.
Atenção! Você está acessando um arquivo automático de notícias e o seu conteúdo pode estar desconfigurado. Acesse as notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.

Lavrastec: representantes da Fiemg e da Ereminas conhecem as futuras instalações do parque científico e tecnológico

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Domingo, 29 Novembro -0001 20:53 | Última Atualização: Quinta, 28 Junho 2018 17:11
Na tarde de terça-feira (12/12), representantes da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do Escritório de Representação em Minas Gerais do Ministério de Relações Exteriores (Ereminas) visitaram o câmpus da UFLA para conhecer sua estrutura e seus projetos focados em inovação e tecnologia, como o Parque Tecnológico e Científico de Lavras (Lavrastec) - maior investimento da história da Instituição. Em sua apresentação sobre a Universidade, a vice-reitora Édila Vilela de Rezende Von Pinho ressaltou seu perfil visionário desde a fundação. “A UFLA é uma instituição que se desenvolveu a partir de uma visão diferenciada, voltada para o investimento em pesquisa, e que tem investido fortemente em projetos e ações de incentivo à inovação. Com o Lavrastec e por meio da parceria com empresas privadas, queremos fazer de Lavras um centro de referência nacional para produção e transferência de inovação e tecnologia”, destacou. O superintendente de Assuntos Estratégicos e Internacionais da Fiemg, Marcos Mandacaru, parabenizou a estrutura e os projetos desenvolvidos pela UFLA, demonstrando a disposição da federação em contribuir com a atração de empresas para o parque tecnológico. “O que vemos aqui é um propósito transformador e engajado. Com esse profissionalismo e estrutura, o Lavrastec é capaz de conquistar uma visibilidade internacional e atrair centros globais de pesquisa, inovação e desenvolvimento. Colocamos a metodologia e o trabalho da Fiemg à disposição para colaborar na atração das empresas, visando também a geração de um fluxo de talentos, que conquiste e mantenha mentes inovadoras no sul de Minas”, enfatizou. O diplomata do Ereminas, Juliano Alves Pinto, também elogiou a iniciativa da Universidade de criar um espaço para incentivo ao empreendedorismo, inovação e troca de experiências. “O que percebemos na UFLA é uma mentalidade aberta às demandas do mercado, um diferencial para uma instituição de ensino pública. A inovação no século XXI é multidisciplinar, deve unir projetos, ciência e criatividade. Por isso o Lavrastec é muito atrativo, não só pela localização estratégica de Lavras, mas pela infraestrutura da Universidade, que mantém os laboratórios abertos às empresas parceiras e incentiva talentos a inovarem”, destacou. Na oportunidade, gestores e pesquisadores da UFLA expuseram pesquisas que foram desenvolvidas na Universidade e que têm atendido demandas importantes da sociedade, voltadas para o agronegócio, a produção alimentícia, a inovação e a sustentabilidade. Para reforçar o histórico de sucesso das parcerias com empresas privadas, o diretor da empresa Minas Verde, Custódio Agostinho Freire, que é também egresso da Instituição, falou do projeto desenvolvido junto à John Deere desde 2008. Com o programa “Parceiros da Tecnologia”, a empresa dá apoio ao desenvolvimento de novas tecnologias e promove processos de recrutamento e seleção de estudantes formados na Universidade.   Ao fim da visita, o superintendente da Fiemg, Marcos Mandacaru, propôs a realização, em 2018, de um evento conjunto para apresentar o Lavrastec a empresas focadas em pesquisa e desenvolvimento. “Ao propiciar aos executivos a experiência que vivi aqui hoje, conhecendo a estrutura e competência da UFLA, teremos grandes chances de atrair empresas de alto nível para o parque”, concluiu. Foco na Inovação tecnológica Desde 2005, os projetos de inovação tecnológica têm ganhado força na UFLA. O Lavrastec possui 68 mil m² – dos quais 12 mil são de área construída. A estrutura conta com um prédio empresarial, com 42 salas de 50m², além de três prédios administrativos, abrigando 72 salas de 25m². O parque prevê também auditório para eventos e centro de convivência aberto à comunidade. No início de dezembro, o projeto que contempla o fornecimento de equipamentos e serviços de infraestrutura de telecomunicação, rede lógica de dados e datacenter foi apresentado ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. A previsão para conclusão das obras é 2018. Além do parque tecnológico em construção, a Universidade conta com o Núcleo de Inovação Tecnológica (Nintec), que incentiva a pesquisa científica e auxilia os pesquisadores nos processos de transferência de tecnologias e proteção à propriedade intelectual, e a Incubadora de Base Tecnológica (Inbatec), responsável por abrigar empresas cujos produtos, processos ou serviços são gerados a partir de resultados de pesquisas aplicadas em que a tecnologia representa um alto valor agregado. Em 2017, a inovação tecnológica também foi tema dos Congressos da UFLA (XXX Ciufla, XII Conex, XXVI CPG), envolvendo toda a comunidade acadêmica nos debates sobre o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei 13.243/16), e suas novidades para o desenvolvimento da ciência nas instituições de ensino públicas. Além de facilitar a parceria entre universidades e empresas privadas para o desenvolvimento da ciência, a nova legislação reduz a burocracia para aquisição de equipamentos e insumos voltados à produção científica.   Confira também: Projeto ultramoderno do Lavrastec é apresentado no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Congressos da UFLA trouxeram à tona os temas inovação e tecnologia na Universidade   [ngg_images source="galleries" container_ids="928" display_type="photocrati-nextgen_basic_thumbnails" override_thumbnail_settings="1" thumbnail_width="100" thumbnail_height="75" thumbnail_crop="1" images_per_page="25" number_of_columns="5" ajax_pagination="0" show_all_in_lightbox="0" use_imagebrowser_effect="0" show_slideshow_link="0" slideshow_link_text="[Show as slideshow]" order_by="sortorder" order_direction="ASC" returns="included" maximum_entity_count="500"]

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.