Embaixadores UFLA: Juliano Paulo Pereira Cardoso

Juliano Paulo Pereira Cardoso tem 30 anos e √© bacharelem Educa√ß√£o F√≠sica pela #UFLA. Atualmente, atua como consultor fitness e personal trainner. 

Veja s√≥ seu relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes: 

‚ÄúA #UFLA fez¬†muitas contribui√ß√Ķes durante minha forma√ß√£o no curso de Educa√ß√£o F√≠sica. Al√©m de me garantir um diferencial significativo no mercado de trabalho, me auxiliou tamb√©m no processo de crescimento pessoal. Durante a gradua√ß√£o, tive a oportunidade de participar de muitos projetos, como por exemplo,¬†o Projeto de Acessibilidade na Sa√ļde em¬†Atendimento aos Surdos (ASAS), Projeto CRIA Lavras,¬†al√©m de projetos de pesquisa. Tamb√©m fui tesoureiro do Centro Acad√™mico¬†do meu curso.¬†Sinto bastante falta dos amigos e dos grupos de estudos que eu fazia parte. Hoje, posso dizer que me considero um profissional realizado, trabalho no que mais amo nessa vida,¬†minha profiss√£o me proporciona uma condi√ß√£o financeira muito boa. Aos novos estudantes,minha dica √©:¬†escolha¬†a¬†profiss√£o que voc√™ mais ama e se dedique 100%‚ÄĚ.

Embaixadores UFLA: Heloydecarlo B. Marques

Heloydecarlo tem 29 anos e √© graduado em Letras ‚Äď Portugu√™s/Ingl√™s na UFLA (2019). Atualmente, √© mestrando do Programa de P√≥s-gradua√ß√£o em Letras da UFLA e professor na Escola de Ensino T√©cnico Carvalho Chiarini, Nazareno-MG.

Veja s√≥ o relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes: 

‚ÄúQuando fui aprovado, em 2014, foi um momento de muita felicidade para mim e para meus pais, pois j√° estava prestes a desistir de entrar em uma universidade e me dedicar a cursos de profissionaliza√ß√£o, desses que sempre anunciam. Inicialmente, n√£o estava acreditando no que estava acontecendo; pensei: ‚ÄúE agora,¬†Jos√©?‚ÄĚ. Minha vida e rotina mudariam¬†radicalmente. O medo e a inseguran√ßa passaram a ser constantes em minha vida at√© ouvir dos meus pais:¬†‚ÄúV√° em frente. Voc√™ tem nosso¬†apoio.‚ÄĚRapidamente, organizei a documenta√ß√£o e parti para a batalha. Um caminho novo, repleto de desafios. Na #UFLA conheci o real significado da palavra diversidade. Um mundo novo. ¬†Encantado com a estrutura do¬†c√Ęmpus, com a energia das pessoas e do espa√ßo acad√™mico. Tudo era incr√≠vel! Fiz amizades que carrego comigo at√© hoje, amizades verdadeiras.¬†Por meio do¬†Pibid¬†Letras – Portugu√™s,¬†passei¬†a¬†atuar diretamente em escolas p√ļblicas de Lavras¬†e¬†a aplicar na pr√°tica todas as teorias que aprendi¬†em sala de aula. Foram tr√™s anos de dedica√ß√£o o projeto, e foi nele que virealmente que queria ser professor.¬†Participei de grupo de estudo e de congressos acad√™micos, da organiza√ß√£o de eventos, como o ‚ÄúUFLA de Portas Abertas‚ÄĚ. Publiquei artigos e cap√≠tulos de livro. Antes¬†de me formar,¬†tive a oportunidade de come√ßar a lecionar na Escola de Ensino T√©cnico Carvalho¬†Chiarini, em Nazareno, e estou atuando na institui√ß√£o at√© o momento.¬†Tamb√©m¬†sou mestrando do Programa de P√≥s-gradua√ß√£o em Letras, docente volunt√°rio¬†do DEL/UFLA,¬†revisor e assessor de trabalhos acad√™micos.

Sinto falta dos amigos, das rodas de conversas, da intera√ß√£o com os professores, do¬†c√Ęmpus¬†universit√°rio, dos cafezinhos no centro de Conviv√™ncia da UFLA e da correria de ser um discente para entregar todas atividades em dia,¬†sem perder a qualidade,¬†e para pegar o Mamute, claro. Hoje, me considero um profissional de excel√™ncia, em constante transforma√ß√£o na busca do aperfei√ßoamento pessoal e profissional para compartilhar com as pessoas.¬†Tenho orgulho de ser professor. A vontade de continuar aprendendo e pesquisando √© enorme, gra√ßas aos professores altamente qualificados presentes no DEL/UFLA, que me inspiram tanto. A conviv√™ncia na universidade contribuiu significativamente para meu processo de forma√ß√£o.¬†Vivemos¬†hoje¬†em¬†um contexto nada f√°cil,¬†mas¬†√© edificante fazer parte da comunidade acad√™mica novamente.¬†Vale a pena ser #UFLA, vale a pena fazer parte dessa fam√≠lia¬†uflaniana,que vem crescendo a cada ano. Vale a pena lutar pela Ci√™ncia e pela Educa√ß√£o de qualidade. Vale a pena estudar. Vale a pena lutar por um futuro melhor. Obrigado #UFLA por fornecer conhecimento p√ļblico de qualidade e humanit√°rio. Aos novos estudantes, por mais que as pessoas falem que ‚Äúentrar na faculdade √© f√°cil, o dif√≠cil √© sair‚ÄĚ, ou ainda que ‚Äúfaculdade √© coisa para gente inteligente e ou que √© para quem tem tempo de estudar‚ÄĚ, saibam que ingressar em uma Universidade P√ļblica de qualidade √© poss√≠vel sim,¬†e que voc√™ √© mais capaz do que pode pensar. Por mais que as dificuldades insistam em aparecer,¬†JAMAIS desista do seu sonho, lute sempre por ele. L√° na frente, quando¬†voc√™ come√ßar a colher os bons frutos,¬†vai olhar para tr√°s e dizer:¬†‚ÄúSe estou onde estou √© m√©rito meu. EU CONSEGUI!‚ÄĚ

Embaixadores UFLA: Bruno Mariani

Bruno Marani Siciliano tem 24 anos e formou-se em Engenharia Civil no ano de 2019 pela #UFLA. Ingressou em 2020 no Mestrado em Engenharia de Estruturas na UFMG e tem publicado artigos com a colabora√ß√£o das duas universidades. Trabalha com a execu√ß√£o de projetos estruturais com um colega que tamb√©m √© formado pela #UFLA e ministra palestras sobre estruturas de a√ßo para alunos da UFLA e da UFMG. Tamb√©m atua comoprofessor particular pela Udemy e pelo Superprof das disciplinas de Resist√™ncia dos Materiais, Teoria das Estruturas, Estruturas de A√ßo e Estruturas Mistas de A√ßo e Concreto.

Veja s√≥ seu relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes: 

‚ÄúAcredito que a #UFLA me proporcionou in√ļmeras oportunidades de crescimento tanto profissional como pessoal, em um ambiente muito acolhedor e que me despertava um sentimento de orgulho. Busquei fazer algo que fosse bom para mim, mas tamb√©m bom para a comunidade acad√™mica e externa, sempre consegui ter acesso a essas oportunidades √ļnicas que s√≥ a UFLApoderia me garantir com tanta excel√™ncia. Os professores, a infraestrutura e o foco sustent√°vel e consciente da universidade s√£o grandes diferenciais. Durante minha gradua√ß√£o, tive a oportunidade de participar de duasinicia√ß√Ķes cient√≠ficas; participei de um projeto de extens√£o em prol da redu√ß√£o de riscos a edifica√ß√Ķes iminentes ao desabamento em Lavras; fui membro do N√ļcleo de Estudos em Estruturas da #UFLA, onde tive a oportunidade de participar da equipe vencedora do 1¬ļ Concurso CBCA para Estudantes de Engenharia, com o tema de Passarelas Modulares sobre Rodovias do DNIT, al√©m de ter participado como Coordenador de Eventos do NEEst. Sinto falta do ambiente acad√™mico, tanto dos colegas quanto dos professores.

Tamb√©m tenho saudades do c√Ęmpus universit√°rio, o mais bonito que j√° tive a oportunidade de conhecer. Hoje desempenho exatamente as atividades que sempre quis desempenhar. Consigoconciliar dois mundos que sempre tive paix√£o: o meio acad√™mico e o meio empresarial. Tudo o que eu fa√ßo levo como se fosse um grande hobby, j√° que fa√ßo o que eu realmente gosto e tenho prazer. A UFLA tem grande participa√ß√£o em quem eu sou, profissionalmente. Aos novos estudantes, aconselho a sempre irem atr√°s de algo mais, nunca se contentarem s√≥ com as aulas. Busquem outras formas de aprendizados: inicia√ß√Ķes, est√°gios, n√ļcleos de estudos etc. Essas atividades s√£o t√£o importantes quanto passar nas disciplinas. No mais, n√£o se esque√ßam das suas vidas particulares, aproveitem os amigos, fam√≠lia, festas e saibam conciliar tudo isso com suas obriga√ß√Ķes.‚ÄĚ