Embaixadores UFLA: M√°rcio Henrique

M√°rcio Henrique Baliza tem 36 anos e formou-se em Filosofia na #UFLA. Antes mesmo do t√©rmino da gradua√ß√£o, trabalhava como professor de Filosofia e Sociologia. Especializou-se em psicoterapia e sa√ļde mental, com estudos tamb√©m sobre terapias integrativas e complementares.Atualmente se dedica √† atua√ß√£o como Terapeuta e aos estudos em Medicina Preventiva/Sa√ļde Coletiva ligados √† USP.

Veja s√≥ seu relato sobre a viv√™ncia aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes: 

“Meu ingresso na UFLA surgiu como algo inesperado, mas profundamente transformador. Após o ensino médio não tinha perspectiva de cursar algum curso acadêmico, mas ao saber que o curso de Filosofia que iniciava na UFLA, me senti motivado a retomar os estudos e, desde então, não parei mais. Morar no alojamento estudantil, participar de estudos e de grupos onde a complexidade e diversidade de pessoas, pensamentos e culturas eram tão evidentes fizeram, de minha experiência na UFLA, o momento de maior transformação e crescimento que já tinha experimentado até então. Todas as oportunidades que abracei ao estar na Universidade, bem como as que só puder vir a conhecer por ter passado por lá, contribuem ainda hoje para o meu processo de conhecimento, mas acima de tudo para o processo de autoconhecimento.  Durante a graduação participei de grupos de pesquisa e programas institucionais. 


A forma√ß√£o do Departamento de Ci√™ncias Humanas permite que a atua√ß√£o profissional respeite a cientificidade do conhecimento, importante e necess√°ria em qualquer atua√ß√£o. A meu favor tive a oportuna sorte de ter na forma√ß√£o em Filosofia uma excelente abordagem da Psican√°lise freudiana que, apesar de n√£o ser minha linha direta de trabalho, fundamenta todo o conhecimento que desenvolvi posterior √† minha gradua√ß√£o. Sinto falta dos momentos informais de conviv√™ncia, mas que sempre geravam profundo conhecimento, fossem eles no contato amigo com professores, colegas ou mesmo visitantes da universidade. Creio que a forma√ß√£o acontece n√£o apenas pelos textos e provas que realizamos, mas muito mais pelas viv√™ncias e pela intera√ß√£o que o ambiente universit√°rio propicia. Muitos estudantes buscam a UFLA por seu conceituado nome e fazem bem ao pensar assim. Por√©m, n√£o √© apenas a Universidade que faz o aluno, mas o aluno que se faz na Universidade. Abra√ßar a responsabilidade de se entender como um construtor de si mesmo, talvez seja um diferencial para viver bem o per√≠odo acad√™mico. Isso implica em n√£o¬†prejudicar¬†a sa√ļde mental na busca exacerbada pela excel√™ncia, mas tamb√©m n√£o abrindo m√£o da divers√£o saud√°vel que o mundo acad√™mico oferece.‚ÄĚ

Embaixadores UFLA: Elisa

Embaixadores UFLA: Elisa

Elisa tem 26 anos e formou-se em Administra√ß√£o P√ļblica em 2018 na #UFLA. Atualmente atua como analista t√©cnica de Cons√≥rcios P√ļblicos.

Veja só seu relato sobre a vivência aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúQuando passei no vestibular, quase n√£o acreditei de tanta emo√ß√£o, fazia aproximadamente um ano e meio que estava estudando, e o curso que fui aprovada na UFLA, administra√ß√£o p√ļblica, n√£o era a minha primeira op√ß√£o, mas com o decorrer da gradua√ß√£o acabei descobrindo uma verdadeira paix√£o, me envolvi em v√°rios projetos que mostraram a minha voca√ß√£o. Sem d√ļvidas a UFLA foi extremamente importante para minha descoberta enquanto profissional. Tive a sorte de ter excelentes professores ao longo do caminho, mas alguns em especial me marcaram mais e recebem meu agradecimento especial, entre eles Gustavo Costa, J√ļlia Moretto, Nat√°lia Joaquim e Denis Renato. A universidade me abriu muitas portas e os diversos projetos de pesquisa e extens√£o que participei contribu√≠ram para minha forma√ß√£o e atua√ß√£o profissional. A participa√ß√£o em atividades de pesquisa e extens√£o faz toda a diferen√ßa para nos tornarmos bons profissionais no futuro, n√£o s√≥ pela qualifica√ß√£o, mas para que possamos identificar o que realmente gostamos e qual carreira queremos trilhar. Algumas experi√™ncias t√™m mais peso em nossas decis√Ķes de carreira, o que para mim aconteceu ao participar do Observat√≥rio de Pol√≠ticas P√ļblicas e da Alfa P√ļblica Jr, esses dois ambientes, de fato contribu√≠ram na decis√£o dos meus objetivos de vida profissional. Atualmente, trabalho como analista t√©cnica na Confedera√ß√£o Nacional de Munic√≠pios (CNM) e estou alocada na √°rea de Cons√≥rcios P√ļblicos.


Ainda estou no in√≠cio da minha carreira, mas j√° me considero uma profissional bem sucedida, isso porque terminei a gradua√ß√£o j√° no mercado de trabalho, na √©poca estava trabalhando na Prefeitura Municipal de Lavras, na Secretaria de Desenvolvimento Social, mas pouco tempo depois da cola√ß√£o de grau, me mudei para Bras√≠lia para assumir o cargo na CNM. N√£o tenho d√ļvidas, que s√≥ alcancei este lugar, por todas as oportunidades que a UFLA me ofereceu. Durante a gradua√ß√£o eu participei do m√°ximo de atividades que pude, dentre n√ļcleo de estudos, empresa jr, representa√ß√£o estudantil e pesquisa, e foram essas atividades que me permitiram ter um bom curr√≠culo para concorrer no mercado profissional. O que mais me faz falta da √©poca de estudante sem d√ļvidas √© o conv√≠vio com os amigos, jantar no RU, bater papo no centro de conviv√™ncia, ouvir m√ļsica no intervalo, as longas filas no xerox e a rotina intensa de atividades, √© o famoso ‚Äúdepois que passa a gente sente falta‚ÄĚ, mas eu sempre gostei e me dediquei muito dentro de tudo que me propus a participar. Ainda tenho muitos sonhos para minha carreira, mas estou trabalhando intensamente para alcan√ßa-los. O segredo √© ter paci√™ncia, tranquilidade e tra√ßar metas e objetivos. Assim, como na universidade a rotina profissional √© intensa e requer muita dedica√ß√£o para realizar tudo aquilo que almejamos, mas desistir nunca deve ser um caminho. √Äs vezes precisamos parar e respirar um pouco, mas sempre devemos lembrar que a UFLA nos formou com excel√™ncia. Hoje tenho a consci√™ncia da import√Ęncia que os profissionais do campo de p√ļblicas possuem no desenvolvimento do nosso pa√≠s, na busca de equidade na sociedade. Carrego comigo a responsabilidade de lutar pela implementa√ß√£o de pol√≠ticas p√ļblicas de qualidade, que atendam as demandas do povo e que assegurem a dignidade humana. Sou muito grata a todas as oportunidades que a universidade me deu, e se eu puder dar um conselho para quem est√° chegando agora √© aproveitar as oportunidades, mas √© preciso correr atr√°s, isso ir√° ajudar a identificar seus gostos e objetivos profissionais. √Č importante tamb√©m se divertir, fazer amigos e relaxar, √†s vezes a gradua√ß√£o nos coloca muita press√£o, e manter uma vida social ajuda nos momentos de press√£o. Eu s√≥ tenho a agradecer por ter me formado em uma universidade t√£o bem conceituada, com tanta qualidade, p√ļblica e gratuita.

Embaixadores UFLA – Fl√°via de Simone

Embaixadores UFLA – Fl√°via de Simone

Fl√°via de Simone tem 27 anos e formou-se em Nutri√ß√£o na¬†#UFLA¬†no ano de 2016. Atua hoje como nutricionista cl√≠nica na cidade de Perd√Ķes- MG.

Veja só seu relato sobre a vivência aqui na UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúA¬†#UFLA, como todos sabem, √© uma universidade renomada, e me ofereceu o melhor da √°rea de Nutri√ß√£o durante a gradua√ß√£o. Tive ensinamentos que contribuem n√£o s√≥ com minha forma√ß√£o, mas tamb√©m com a pessoa que me tornei. Pude fazer parte de projetos de extens√£o na √°rea de Nutri√ß√£o e Sa√ļde P√ļblica, fui membro de n√ļcleos de estudos (Nesmi e Nenucli) e da empresa j√ļnior do curso, a Nutre Jr. Sinto muita saudade da √©poca de estudante, principalmente dos amigos, al√©m de sentir falta da presen√ßa dos meus queridos professores do DNU (Departamento de Nutri√ß√£o), que sempre estavam dispostos a compartilhar seus conhecimentos.

Hoje, posso dizer que sou realizada profissionalmente, continuo em busca de conhecimento, algo que inclusive aprendi na UFLA: nunca parar e estar sempre renovando e inovando. Consigo exercer meu trabalho com excel√™ncia, e com certeza meu aprendizado e minhas experi√™ncias adquiridas na¬†#UFLA¬†me ajudam muito. Um conselho para os novos estudantes √©: aproveitem ao m√°ximo a universidade, as disciplinas, os professores, os departamentos e tudo que a Universidade proporciona. Aprendam o m√°ximo que puderem, corram atr√°s dos objetivos. Depois que sa√≠mos e come√ßamos a andar com nossas pr√≥prias pernas, tudo aquilo que vivemos l√° dentro da UFLA conta.‚ÄĚ