#Embaixadores UFLA: Mayara Miranda

Mayara Miranda se formou em Administração em 2021. Atualmente é analista de compras plena na Marfrig, em São Paulo.

Veja só relato sobre a vivência aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúTer feito a gradua√ß√£o na UFLA fez toda a diferen√ßa na minha vida. Eu me encontrei profissionalmente.  Aprendi demais, amadureci, encarei muitos desafios e abracei todas as oportunidades que surgiram para mim. A UFLA √© uma universidade extremamente acolhedora, renomada, eficiente e comprometida, e a minha forma√ß√£o nessa Institui√ß√£o me traz orgulho e saudade. N√£o poderia ter escolhido uma Universidade melhor para me formar. 

Hoje sou muito realizada, e com certeza j√° colhi frutos do que foi plantado na √©poca da faculdade. Guardo com muito carinho tudo o que aprendi e vivi na UFLA, s√≥ tenho gratid√£o por tudo o que vivenciei nos anos de faculdade. Olho pra tr√°s e sinto um orgulho enorme da minha trajet√≥ria, e a vontade de seguir nesse ritmo aumenta cada vez mais. √Č claro que a batalha n√£o foi f√°cil. Durante o caminho apareceram muitos obst√°culos, mas quando a gente tem um objetivo e um prop√≥sito, as coisas t√™m mais sentido, o que torna mais f√°cil vencer os desafios. Tive a sorte de encontrar pessoas incr√≠veis (amigos e professores que se tornaram amigos) e isso me deu for√ßas para continuar e vencer. 

Como disse Guimar√£es Rosa, ‚Äėo que a vida quer da gente √© coragem‚Äô.  Ent√£o, aos estudantes que ingressam na UFLA agora, fica meu conselho: encarem todos os desafios com responsabilidade e consci√™ncia e nunca se esque√ßam que colher√£o amanh√£ o que plantam hoje. Aproveitem muito a √©poca de faculdade, porque realmente passa muito r√°pido e √© bom demais! Mas tamb√©m lembrem-se que √© o momento de se capacitar, aprender, fazer muito network e construir os profissionais que voc√™s querem ser. Colocando amor em tudo, sendo grato pelas oportunidades e se empenhando, com certeza o sucesso √© garantido. Voc√™s com certeza ter√£o muito #OrgulhodeSerUFLA. Fa√ßam com que a UFLA tamb√©m tenha orgulho de voc√™s! ‚Äú

Embaixadores UFLA: Cacilda M√°rcia Duarte

Cacilda Márcia Duarte se formou em Agronomia em 1986, fez seu mestrado em Fitossanidade (1990) e doutorado (2003) em Fitopatologia na UFLA. Atualmente é professora universitária na Unicentro РUniversidade Estadual do Centro-Oeste (Paraná).

Veja só relato sobre a vivência aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúToda a minha forma√ß√£o, da gradua√ß√£o ao doutorado, foi realizada na ESAL/UFLA, e sempre me senti muito bem preparada para os concursos e processos de sele√ß√£o que participei. Hoje me sinto realizada com minha profiss√£o, sempre quis ser professora e me considero uma boa profissional. 

Da minha √©poca de gradua√ß√£o, sinto falta de companhia dos colegas e da conviv√™ncia na universidade. Aos que ingressam na Universidade agora, meu conselho √©: aproveitem o per√≠odo da gradua√ß√£o, principalmente. Na aula da saudade da minha turma, um professor nos disse que as amizades desse tempo ser√£o as mais sinceras e duradouras. E exatamente assim. Com quase 36 anos de formada, nossa turma mant√©m um grupo bem ativo e participativo.‚ÄĚ

Embaixadores UFLA: Paulo Victor Azevedo

Paulo Victor Azevedo tem 35 anos e se formou em Agronomia em 2012, fez seu mestrado (2014) e doutorado (2018) em Fitopatologia na UFLA. Atualmente é produtor de café e faz parte do time de desenvolvimento técnico de mercado da Syngenta na cultura do café Cerrado, Mogiana e Norte do Paraná.

Veja só relato sobre a vivência aqui na #UFLA e o conselho para os novos estudantes:

‚ÄúA UFLA teve papel fundamental para que eu buscasse a cada dia me superar, ter acesso a conhecimento e aprendizado de qualidade que hoje posso empregar no trabalho. Al√©m de me formar profissionalmente, me tornou uma pessoa ainda melhor. Durante a gradua√ß√£o participei de diversos projetos: fui presidente de empresa j√ļnior e grupos de estudos, atuei como bolsista na no departamento de Fitopatologia, e em todos esses projetos deixei como legado a import√Ęncia da seriedade e o comprometimento para entregas de resultados acima da expectativa.

Hoje me considero um profissional de excelência, pois aos 35 anos atingi meu objetivo, que era trabalhar na função de desenvolvimento técnico de mercado na cultura do café. Ou seja, a UFLA me concedeu a oportunidade de realizar meu sonho ainda muito cedo, e agora posso buscar sonhar mais alto ainda.

A quem que ingressa na UFLA agora, meu conselho √©: tenha capacidade de explorar o m√°ximo do potencial de aprendizado que a melhor universidade do Brasil pode proporcionar, sabendo ter equil√≠brio entre a vida de estudante e social.‚ÄĚ