Ir direto para menu de acessibilidade.

Dicas de português: comunicado e informado

Escrito por Joyce | Publicado: Segunda, 16 Julho 2018 11:37 | Última Atualização: Sexta, 20 Julho 2018 11:29 | Acessos: 2957
Dicas de Português

"Costumo assistir aos jornais e, no final de uma reportagem, Boris Casoy comentou alguns erros que as pessoas costumam dizer, por exemplo, “fulano foi comunicado”. Não entendi o que há de errado em foi comunicado, qual o problema em usar essa expressão?”

Boris Casoy falou assim porque na linguagem culta se diz que "um fato é comunicado", e não "uma pessoa é comunicada". Já explico:

Tomemos a seguinte frase "errada" como exemplo: "O inquilino foi comunicado pelo síndico que as taxas seriam aumentadas". Essa é uma construção passiva que teria como correspondente "O síndico comunicou o inquilino...". Grifei o artigo o para chamar a atenção da ingramaticalidade da oração, que, de acordo com o português padrão, é dita assim: "O síndico comunicou ao inquilino".

A regência normal do verbo comunicar, que todo mundo sabe, é: a gente - comunica - alguma coisa - a alguém. [voz ativa].

Exemplos: O repórter comunicou a morte de Getúlio Vargas à nação.

O gerente comunicou ao servidor que seu horário fora alterado. 

Qual a alternativa para quem quer ser "gramaticalmente correto" mas ao mesmo tempo não deseja usar esses últimos tipos de frases? É se valer do verbo informar, que tem mais flexibilidade e admite tanto pessoa quanto coisa/fato como sujeito passivo. Assim, em vez de "Fulano foi comunicado", podemos dizer: Josué foi informado de sua demissão;

O inquilino será informado de que as tarifas devem aumentar. 

Fonte: Não tropece na língua (Maria Tereza de Queiroz).

Colaboração: Déborah Cristina Ribeiro

Paulo Roberto Ribeiro

DCOM