Ir direto para menu de acessibilidade.
PORTUGUÊS

O artigo muda o sentido de "todo"

Escrito por Joyce | Publicado: Segunda, 06 Agosto 2018 09:58 | Última Atualização: Segunda, 06 Agosto 2018 09:59 | Acessos: 1642
Gentileza solicitar descrição da imagem

Às vezes, a simples presença de um artigo modifica completamente o sentido de uma palavra ou expressão. É o que ocorre com todo, por exemplo.

Isolado, antes de um substantivo, todo significa qualquer, cada, um. Assim: Trabalhamos todo dia (qualquer dia, cada dia). / Todo homem é mortal (um, cada, qualquer).

Acompanhado de artigo, todo expressa a ideia de totalidade quando colocado diante de um substantivo (ou dos adjetivos ou pronomes que o precedem), equivalendo a inteiro, completo, pleno. Veja os exemplos: Trabalhamos todo o dia (o dia inteiro). / Conhecia toda a história do seu país (a história inteira, plena, completa). / Visitei toda a linda costa (e não "toda linda costa") do Nordeste (a costa inteira).

No plural, fica tudo mais simples, uma vez que o artigo é obrigatório (está sempre implícita a ideia de totalidade). Desta maneira: Todos os presentes o aplaudiram (e não "todos presentes"). / O governo prometeu punir todos os manifestantes.    

Com que igualmente empregue os: Agradeceu a todos os que o elegeram. Todos os que quiseram saíram cedo. / Estavam ali todos os que o admiravam.

 

Fonte: Com todas as letras (Eduardo Martins)

Colaboração: Déborah Cristina Ribeiro       

Paulo Roberto Ribeiro

DCOM

Assunto(s): português , gramática