Ir direto para menu de acessibilidade.
dicas de português

Palavra também sofre distorção

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quinta, 25 Abril 2019 13:07 | Última Atualização: Quinta, 25 Abril 2019 14:46
Gentileza solicitar descrição da imagem

Não são poucos os gramáticos e filólogos que já se levantaram contra o emprego inadequado de COLOCAÇÃO, extensivo também à forma verbal, COLOCAR. No esporte, especialmente (mas muito também na política e em outros setores), repórteres e comentaristas querem sempre "fazer uma colocação" ou, pior ainda, agregam um QUE espúrio ao verbo para "colocar que" alguma coisa...

COLOCAÇÃO e COLOCAR não têm esse significado e podem, no caso, ser perfeitamente substituídos por sugestão, observação, ressalva, apresentação, ideia, proposta, reparo, intervenção, e por verbos correspondentes a eles.

Outra palavra que aos poucos se desvia da acepção original é CONFIDENCIAR, que baniu do noticiário os sucedâneos revelar, confiar, dizer em segredo.

Confidenciar já serviu até para introduzir declarações públicas: "Aceitamos negociar", "confidenciou" o presidente do clube aos jornalistas no vestiário. / O líder do partido "confidenciou" aos 300 participantes da reunião que era candidato à reeleição. Como se vê, CONFIDENCIAR simplesmente está no lugar de afirmar e não no de revelar.

Fonte: Com todas as letras - Eduardo Martins

Paulo Roberto Ribeiro - DCOM

Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
Coronavírus Covid-19: É importante de informar e prevenir. ufla.br/coronavirus
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.