Ir direto para menu de acessibilidade.
ABRANGÊNCIA DA UFLA

Painel mostra localidade de origem dos estudantes da graduação da UFLA

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Terça, 20 Outubro 2020 15:18 | Última Atualização: Terça, 20 Outubro 2020 17:45 | Acessos: 2786
Gentileza solicitar descrição da imagem

A Universidade oferta ensino de alta qualidade a graduandos de todas as unidades da federação e de outros dez países, além de se destacar no atendimento ao sul de Minas

Com o ingresso das turmas de graduandos do segundo semestre letivo de 2020, que ocorre nesta semana, a Universidade Federal Lavras (UFLA) registra, em 2020, mais de 2 mil novos estudantes, vindos de mais de 400 localidades diferentes. Um painel estruturado pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) permite acessar o local de residência dos mais de 11,5 mil estudantes de graduação da Universidade. Os dados mostram que a UFLA tem proporcionado acesso ao ensino superior a pessoas de 26 estados brasileiros, Distrito Federal (DF) e de dez outros países.

Mesmo expandindo seu alcance e atraindo estudantes de regiões mais distantes, 85% dos estudantes de graduação da UFLA são de Minas Gerais (9.862). As cidades com

O mapa mostra a maior concentração de estudantes em Minas Gerais, além de vários outros pontos de presença em todos os estados e 10 países..

maior representação são do sul de Minas e das proximidades. Tomando-se os dez municípios com maior número de estudantes na UFLA, Lavras está na liderança, com 3.047, seguida de Campo Belo (308), Varginha (270), Belo Horizonte (259), Perdões (244), Nepomuceno (233), Bom Sucesso (213), Divinópolis (205), Oliveira (148) e Formiga (140).

Para o pró-reitor de Graduação, professor Ronei Ximenes Martins, a forte inserção regional é um compromisso institucional da UFLA e os resultados devem ser comemorados. “Ao mesmo tempo que se insere cada vez mais no cenário nacional e internacional, a UFLA mantém seu compromisso social com a forte inserção regional nos contextos do ensino, pesquisa e extensão.  Oferecer cursos de excelente qualidade para  jovens da região de Lavras, e também a milhares de outros oriundos de cidades pequenas do sul de Minas, é missão das mais relevantes, pois gera  melhoria de vida para muitas comunidades. Hoje,  viabilizamos sonhos de prosperidade dos filhos de pelo menos 6 mil famílias sul-mineiras. Com isso conseguimos dar atenção a dois objetivos importantíssimos: apoiar o desenvolvimento regional e abrir oportunidades para recebermos, cada vez mais, pessoas de todo o Brasil e também do exterior. Universidade é isso: universalidade feita de pessoas diferentes, que pensam de formas diversas, trazem características culturais múltiplas, mas compartilham ideais de desenvolvimento humano pleno”, argumenta Ronei.

Para a estudante do 3º período de ABI Engenharia Karoline Marques da Silva, que mora em Manaus (AM), a UFLA, no interior de Minas Gerais, proporciona um diferencial na sua história pessoal e de formação acadêmica. “Sempre tive vontade de cursar ensino superior fora do meu estado, para ter contato com outras culturas, e para isso fui me preparando financeiramente até surgir a oportunidade. Quando eu cheguei à UFLA, fiquei impressionada com tudo, a estrutura, as aulas, tudo muito bem organizado, e os funcionários sempre dispostos a ajudar.  A UFLA tem me proporcionado um grande aprendizado, que vai além dos estudos, com amizades que levarei para a vida”.

O reitor da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, destaca a importância da política pública realizada pelo Ministério da Educação em 2010 com a implementação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso nas universidades, e do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). “Essas ações foram fundamentais para aumentar a inserção regional, o que colabora para uma das principais funções da universidade que é a melhoria das condições socioeconômicas e o desenvolvimento regional. Não obstante, o Sisu permite também que estudantes de qualquer parte do País possam ter acesso à UFLA, o que é muito bem demonstrado pelo estudo realizado pela Prograd. Ainda são necessárias ações que permitam o aumento de estudantes estrangeiros e já estamos, por meio da DRI, adotando estratégias nesse sentido, como o aumento de disciplinas oferecidas no idioma inglês. O mais importante é que a UFLA, cada vez mais se consolida polo de excelência regional, nacional e internacional. Agradecemos a toda a comunidade universitária que tem trabalhado incansavelmente para alacançar esse objetivo”.

Mais sobre o painel

O painel com os dados do local de residência dos graduandos permite também a consulta de informações por curso. Selecionando-se, por exemplo, a Área Básica de Ingresso das Engenharias, as localidades com maior número de estudantes são, em ordem decrescente, Lavras, Boa Esperança, Campo Belo, Varginha, Nepomuceno, Perdões, Divinópolis, Belo Horizonte e Oliveira. É possível, ainda, analisar os dados por ano de ingresso, por modalidade (presencial ou a distância), além de direcionar buscas específicas para saber o número de estudantes vindos de um município específico. Consulte os dados no painel.

Neste momento em que a comunidade acadêmica se encontra em atividades remotas, devido aos cuidados exigidos para prevenção à Covid-19, os estudantes que ingressam no semestre 2020/2 não estarão ainda no câmpus, mas podem sentir a força dessa comunidade UFLA, tão diversa, pelo vídeo gravado com a participação de estudantes de várias regiões.

Os dados do painel têm atualização semestral e a última modificação foi em 10/10. Calouros que tenham efetuado matrícula após essa data não têm ainda seus  registros nas contabilizações.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.