Ir direto para menu de acessibilidade.
ENSINO REMOTO EMERGENCIAL

Atividades letivas da graduação: propostas de alterações foram encaminhadas ao CEPE

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Quarta, 02 Dezembro 2020 18:36 | Última Atualização: Sexta, 26 Março 2021 17:49 | Acessos: 6503
Gentileza solicitar descrição da imagem

Na última sexta-feira (27/11), o Conselho de Graduação da Universidade Federal de Lavras (Congrad) aprovou um conjunto de alterações propostas para modificação da Resolução CEPE nº 119, de 31 de agosto de 2020, que regulamenta o calendário do período letivo 2020/2 na graduação. As propostas foram encaminhadas para o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), para que possam ser analisadas e debatidas, de forma que haja uma definição final sobre a conclusão do período.

Pelo documento normativo vigente, havia previsão de retorno de aulas presenciais a partir de janeiro. Entretanto, como o cenário epidemiológico na região de Lavras, e nos locais de maior concentração de residência dos estudantes da UFLA, ainda não é favorável ao retorno presencial pleno às aulas, a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), em colaboração com as coordenações dos cursos, representação estudantil, unidades acadêmicas e departamentos, elaborou a proposta de ajustes para o calendário letivo e a Resolução CEPE 119/2020, o que foi aprovado pelo Congrad.

Como o retorno presencial pleno às aulas ocorrerá apenas quando houver condições de segurança atestadas pelas autoridades sanitárias locais e deliberação pelo CEPE, a proposta de regulamentação formalizada propõe a exclusão da atividade presencial plena a partir de 18/1/2021 e que as atividades letivas continuem por meio do Estudo Remoto Emergencial (ERE) até o encerramento do segundo semestre letivo de 2020, que passaria a ter data de finalização estendida para a primeira semana se julho, a fim de permitir tempo para recuperação de disciplinas canceladas no semestre anterior.

Pela proposta, somente disciplinas que contemplem atividades práticas realizadas em laboratórios especializados, ou no campo, serão liberadas para realização presencial, a partir de 8 de março de 2021, sempre a critério dos departamentos e desde que todas as determinações relativas ao distanciamento social e ao uso presencial seguro desses espaços sejam observadas. Com o tempo extra, incorporado ao segundo semestre letivo de 2020, a ideia é tornar possível realizar também as atividades práticas que ficaram pendentes durante o ERE.

Segundo o pró-reitor de Graduação, Ronei Ximenes Martins, a proposta encaminhada ao CEPE contempla a possibilidade de manutenção de atividades de ensino e ao mesmo tempo as garantias necessárias à prevenção de contágio. “Em um contexto de tantas incertezas e instabilidade, devemos ser cuidadosos. O planejamento deve prever possibilidade de decisão compartilhada, contar com diretrizes apoiadas no conhecimento científico da epidemia e do funcionamento do ensino superior, além da apropriação de experiências na aplicação de metodologias que nos permitam segurança epidemiológica e, ao mesmo tempo, redução de danos à formação dos nossos estudantes. A preocupação primeira é evitar a exposição de professores, alunos, técnicos, funcionários terceirizados e da comunidade lavrense ao vírus”. 

O reitor da UFLA, professor João Chrysostomo de Resende Júnior, avalia que o retorno total das atividades presenciais nas condições atuais não é possível, já que é também necessária a aplicação, na Universidade, do Protocolo de Biossegurança instituído na Portaria MEC nº 572, de 1º de julho de 2020, com várias medidas de distanciamento social. "A proposta aprovada no Congrad permite o retorno gradual e seguro, mas reforçamos que a definição final das estratégias de retorno e de datas ainda precisa ser discutida pelo CEPE, à luz das condições epidemiológicas que envolvem a pandemia".

A comunidade universitária da UFLA pode acompanhar pelas mídias oficiais da UFLA as comunicações referentes ao tema e às deliberações do CEPE.

Na pós-graduação, o semestre letivo é regido pela Resolução nº 152, de 19 de outubro de 2020.