Ir direto para menu de acessibilidade.
EDUCAÇÃO INFANTIL

Quarto encontro sobre saberes escolares e práticas familiares ocorre no dia 24

Escrito por Gláucia Mendes | Publicado: Segunda, 14 Junho 2021 17:36 | Última Atualização: Quinta, 17 Junho 2021 14:46 | Acessos: 135

No dia 24/6, às 19h, o Núcleo de Educação da Infância da Universidade Federal de Lavras (Nedi/UFLA) promove o quarto encontro do projeto de extensão “Escola de famílias: saberes escolares e práticas familiares, uma relação possível”. A palestra abordará o tema “O uso consciente das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs): possibilidades de aprendizagem na infância”

O projeto de extensão é coordenado pelas professoras Ana Paula Coelho Silva e Letícia Silva Ferreira e tem o objetivo de fortalecer a relação do Nedi com as famílias das crianças matriculadas na Instituição, em um movimento dialógico de construção de conhecimentos, a fim de que escola e famílias se fortaleçam no cumprimento de seus papéis, visando ao desenvolvimento integral das crianças.


Terceiro encontro

3encontro nediO terceiro encontro virtual do projeto, realizado no dia 27/5, discutiu o tema “Aprendizagem na Educação Infantil: o que realmente importa?”. A palestra foi ministrada por Bethania de Assis Costa Goulart da Universidade Federal de Viçosa (UFV), com a mediação da professora do Nedi Olga Maria de Araújo Soares. O evento contou com a participação de famílias, professoras, estudantes e bolsistas.

A palestrante destacou aspectos importantes amparados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI), como concepções sobre a criança na condição de sujeito de direitos, produtora de cultura, ativa e capaz em seu processo de desenvolvimento. Mencionou o papel do adulto no processo de aprendizagem infantil, considerando que a aprendizagem não ocorre pela transmissão ou reprodução dos conteúdos, mas sim por meio da interação e da ação ativa da criança.

Bethania destacou, ainda, as múltiplas linguagens da criança, as várias formas pelas quais ela vê o mundo e se expressa, aliando tudo isso às brincadeiras, linguagem fundamental e inerente à infância. Trazendo as discussões para o respeito às especificidades da etapa da Educação Infantil, a palestrante afirmou que a criança precisa ser vista como ser integral, que aprende com todo o seu corpo. Além disso, ela afirmou que a Educação Infantil não visa à preparação para as etapas futuras de ensino, nas quais a criança precisa memorizar conteúdos; pelo contrário, é uma etapa focada na produção de sentidos e na identidade da criança.

Bethania pontuou ainda que, embora as crianças da Educação Infantil devam ter contato com o mundo letrado, o objetivo dessas interações deve ser fazê-las perceber a função social da escrita de uma maneira prazerosa e sem antecipações desnecessárias. Finalizando o encontro, a palestrante considerou que é preciso respeitarmos o tempo da criança e que a Educação Infantil é uma etapa para aquisição de experiências de vida.