Ir direto para menu de acessibilidade.
Falling Walls Lab

Estudante da UFLA é finalista em concurso alemão que premia ideias inovadoras

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Sexta, 03 Setembro 2021 15:02 | Última Atualização: Sexta, 19 Novembro 2021 08:13 | Acessos: 1504
Gentileza solicitar descrição da imagem

A estudante de Química da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Daiany Ceccon Signorelli, orientada pelo professor Guilherme Max Dias Ferreira, está na final do concurso Falling Walls Lab Brazil, organizado pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH), que premia ideias inovadoras.

A etapa final do concurso será realizada no dia 9 de setembro, às 16h. Para assistir ao FWL Brazil e votar na estudante da UFLA, basta entrar no canal de Youtube do DWIH São Paulo. O vencedor da etapa brasileira participará da fase global, prevista para ser realizada em Berlim, sede da organizadora do concurso.

Na edição 2021 do FWL Brazil, 56 candidatos se inscreveram, o que representou um aumento de 44% nas inscrições comparado com os dados de 2020. O Brasil ficou com a terceira colocação de número de inscritos.

Neste ano, a competição contou com representantes de todas as regiões brasileiras. Destacam-se as participações do Sudeste e Sul, que juntas compõem a maioria dos inscritos (77%). Dos inscritos, participam da final da etapa nacional apenas 15 candidatos pré-selecionados.

O FWL Brazil 2021 tem a organização do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH) São Paulo, em parceria com a instituição alemã Falling Walls Foundation, o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), o Ministério Federal das Relações Externas da Alemanha, a Euraxess Brazil e a agência Inova Unicamp.

Sobre o concurso brasileiro

Cada candidato terá três minutos para apresentar, em um vídeo pitch, em inglês, a relevância e o poder transformador de sua proposta — os pré-selecionados participaram de um treinamento de pitch ministrado pela Inova Unicamp. Em seguida, ao vivo e on-line, o candidato esclarecerá dúvidas do júri.

Composto por especialistas da academia, da imprensa, do empresariado e do ecossistema de inovação, o júri fará a avaliação da melhor proposta com base em três critérios: caráter inovador, relevância e impacto da proposta bem como capacidade de comunicação do candidato.

O FWL Brazil 2021 oferece cinco troféus. O júri escolherá os três primeiros colocados, dos quais o primeiro se classifica para a etapa mundial. Além disso, o júri também concederá o Prêmio de Empreendedorismo do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), que dá direito à participação na DAAD Innovation Week, um programa sobre inovação e empreendedorismo em parceria com a associação TU9 aplicado por universidades técnicas alemãs.

Neste ano, caso o vencedor da FWL Brazil não acumule o Prêmio de Empreendedorismo, ele terá o direito de se candidatar a uma vaga na Innovation Week. A candidatura será avaliada pelas universidades técnicas alemãs anfitriãs desta edição do evento.

Os espectadores do FWL Brazil 2021, por sua vez, também poderão eleger a proposta transformadora da qual mais gostaram. O candidato mais votado ganha o Prêmio do Público 2021, o quinto troféu concedido no evento.

Benefícios aos premiados

O autor da ideia com potencial mais transformador ganhará uma viagem para disputar a etapa mundial do concurso em Berlim, no dia 7 de novembro, se a regras sanitárias decorrentes da pandemia de covid-19 permitirem.

Além disso, a Euraxess Brasil oferecerá uma ajuda de custo de 500 euros para uma visita do vencedor do Falling Walls Lab Brazil a um instituto de pesquisa na Europa de sua escolha. Caso a participação no evento físico em Berlim não seja possível, o valor do prêmio será cedido ao ganhador e a Euraxess apoiará encontros virtuais entre o vencedor e o instituto de pesquisa.