Ir direto para menu de acessibilidade.
aprendizado

UFLA oferta único curso de análise de sementes de grandes culturas reconhecido pela Abrates

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 30 Novembro 2021 10:32 | Última Atualização: Terça, 30 Novembro 2021 12:00 | Acessos: 283
Gentileza solicitar descrição da imagem

Pela primeira vez desde o início da pandemia, foi realizado de forma presencial na Universidade Federal de Lavras (UFLA) o “Curso Teórico-Prático de Capacitação de Análise de Sementes de Grandes Culturas”, único ofertado no País com o reconhecimento da Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (Abrates). A capacitação ocorreu entre os dias 8 e 12/11, teve carga horária de 32 horas e seguiu todos os protocolos de biossegurança.

Coordenado pela professora Raquel Pires, da Escola de Ciências Agrárias de Lavras (Esal), o curso contou com 27 inscritos de diferentes regiões do País, além de nove estudantes da graduação, mestrado e doutorado. Seis palestrantes do setor de sementes participaram da capacitação: os professores Raquel Pires, Everson Carvalho, Heloisa Oliveira, os professores aposentados Maria Laene Carvalho e João Almir Oliveira, além da pós-doutoranda Dayliane Bernardes. Também houve a participação da auditora aposentada do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) Myrian Alvisi.

Esta é a 15ª edição do curso. Desde sua criação, em abril de 2021, a capacitação tem sido bastante procurada. Ainda este ano, será ofertada uma nova turma, entre os 13 a 17 de dezembro, já com as inscrições encerradas. Para o próximo ano, o curso já conta com uma longa lista de espera, com mais de 50 pessoas interessadas. 

O curso tem o objetivo de disponibilizar ensinamentos básicos relativos à análise de sementes das espécies de grandes culturas, de acordo com as Regras para Análises de Sementes, e capacitar os profissionais para o mercado de trabalho no setor sementeiro.

A agenda dos cursos a serem realizados no setor de sementes no ano de 2022 será divulgada em breve. Acompanhe pelo Instagram da ABRATES (@abrates_sementes), do NESEM (@nesem_ufla) e do setor de sementes (@setor_de_sementes_ufla).

Texto: Vanessa Kevini, bolsista Proat/UFLA

Fotos: Luma Faria de Moraes