Ir direto para menu de acessibilidade.

Pint of Science: pela primeira vez em Lavras, o maior evento de divulgação científica do mundo

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Segunda, 07 Mai 2018 08:30 | Última Atualização: Terça, 10 Julho 2018 15:04 | Acessos: 435

Nos dias 14, 15 e 16 de maio, o Pint of Science, um dos maiores eventos de divulgação científica do mundo, chega a Lavras pela primeira vez. O festival, que acontecerá em 21 países e 56 cidades brasileiras, busca promover o debate sobre pesquisas científicas recentes em ambientes descontraídos, em um formato aberto e acessível para a população.

--------------------

Confira a programação em Lavras

Barão Steak House  - 19h30 - 21h Rua Barão do Rio Branco, 79 - Dos Ipês, Lavras

14/5 - A ciência do café Degustar um bom café  é um processo físico-químico em nosso cérebro que deleita ao mundo inteiro. Quem fala sobre o assunto é um dos cientistas de renome internacional na área. - Flávio Meira Borém 15/5 - Inteligência artificial e robôs Num futuro próximo, a maior parte do trabalho que você faz será feito por um robô. Não entre em pânico! Trabalhar no futuro recente será divertido e frutífero ao lado de robôs inteligentes.  - Leonardo Silveira Paiva -  Daniel Furtado Leite 16/5 - De Lavras ao infinito e além: dos nano-satélites aos buracos negros No meio do caminho tinha um buraco negro; tinha um buraco negro no meio do caminho! - Flavio D'Amico - Lázaro Aparecido Pires de Camargo

  -----------------------

Uai Maki Temakeria Bar e Restaurante  - 19h30 - 21h Rua Comendador José Esteves, 118 - Centro, Lavras

14/5 - Caminhando para as tecnologias do futuro Nanotecnologias e Biotecnologia serão os temas presentes e futuros desta primeira noite de divulgação científica. - Lívia Elisabeth Vasconcellos de S. Brandão Vaz - Luciano Vilela Paiva  

15/5 - Inovação na ciência, tecnologia e o parque tecnológico As novas descobertas científicas permitem novas tecnologias que devem ser direcionadas a favor da população para geração de emprego e avanço da sociedade. Este processo de inovação culmina e começa na geração de empresas e micro-indústrias que irão nascer no parque tecnológico de Lavras. - André Luiz Zambalde  - João José Granate de Sá e Melo Marques - Paulo Henrique Leme

16/5 - Biodiversidade e o Hospital Universitário A cidade de Lavras e a UFLA começaram uma relação há muitos anos e, juntos, constroem uma parceria profunda em beneficio da saúde da comunidade e do meio ambiente. - Rodrigo Lopes Ferreira - Thales Augusto Barçante - Flavio Augusto de Melo Marques

--------------------

Em Lavras, a coordenação do Pint of Science é do professor José Alberto Casto Nogales Vera, do Departamento de Física da UFLA (DFI). Ele explica que o evento é importante para que o público em geral possa conhecer mais sobre assuntos instigantes do mundo científico. Durante o festival, os pesquisadores conversam com o público descontraidamente e respondem perguntas. Não há formalidades como inscrição ou emissão de certificados, nem é preciso pagar entrada – apenas o que for consumido nos estabelecimentos que sediam o evento.

Sobre o Festival

O Pint of Science consiste em uma série de debates interessantes sobre as pesquisas científicas mais recentes, realizados em ambientes descontraídos, como cafés, restaurantes e bares, em um formato aberto e acessível para o público. Por isso, o nome original do evento, em inglês, se refere a um tipo de copo comum para beber cervejas (pint); daí, o nome pode ser traduzido livremente como “Chope da Ciência”. No evento, pesquisadores deixam suas bancadas de laboratórios para ocupar mesas de bares e restaurantes, onde conversam sobre suas pesquisas com a população.

O Brasil foi pioneiro na realização do evento na América Latina, tendo sua primeira edição em 2015. No ano passado, o festival se espalhou por 22 cidades brasileiras e abordou temas como física quântica, big data, poeira estelar e buracos negros, entre outros.

Para a coordenadora do Pint of Science no País, Natalia Pasternak Taschner, o evento tem o objetivo de criar um canal de comunicação direto entre cientistas e sociedade, visando à difusão do conhecimento: “As pessoas querem saber, têm sede de ciência, e os cientistas querem falar”.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.