Ir direto para menu de acessibilidade.
ENSINO BÁSICO

Estudantes de escolas de Lavras e região participaram de premiação na UFLA: Festival de Poesias e 21ª OBA

Escrito por Melissa Vilas Boas | Publicado: Terça, 18 Dezembro 2018 15:11 | Última Atualização: Quarta, 19 Dezembro 2018 13:15 | Acessos: 669

Na sexta-feira (14/11), foi realizada no Salão de Convenções da Universidade Federal de Lavras (UFLA) cerimônia de premiação do “I Festival de Poesias de Lavras” e da “21ª Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica 2018 (OBA)”. O evento foi promovido pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), em conjunto com o Departamento de Física (DFI) e o Departamento de Educação (DED).

O Festival de Poesia contou com a participação de 55 escolas do município de Lavras, foram premiadas oito escolas municipais, duas estaduais e uma privada. O  festival foi dividido em três categorias: a primeira para estudantes dos 5º ano do ensino fundamental I, a segunda categoria  para estudantes do 6º, 7º,8º e 9º anos do ensino fundamental II  e a terceira categoria para os estudantes do 1º, 2º e 3º ano do ensino médio. Foram selecionados 12 trabalhos de cada categoria e não houve um primeiro lugar.

Para o professor Celso Valin, do Departamento de Educação, o que vale não é a competição e sim a participação dos estudantes, que ganharam certificado e medalha. “Este festival abre um espaço público de fala para os jovens e adolescentes, o que é uma coisa bastante incomum. O festival foi criado para que eles possam falar de um lugar em que os adultos escutem, e falar de uma maneira mais formal. Eu fico muito feliz de criar um espaço de uso social da escrita deles, gerando uma oportunidade, com a ajuda das escolas, professores e professoras e a valorizando uma escrita criativa funcional”.

O estudante do 3º ano do ensino médio Daniel Cabral, do Instituto Presbiteriano Gammon, ficou muito feliz em saber que seu trabalho foi um dos selecionados: “eu gostei muito das premiações e este festival incentiva todos os alunos, não só para quem recebe, mas também para quem assiste. As pessoas podem perceber que qualquer forma de conhecimento é válida, e quando é reconhecida torna-se mais validada ainda, o que me deixou muito contente, pois, valorizo o conhecimento, que é a chave para tudo.”

O professor da Escola Municipal Oscar Botelho Breno Alvarenga Almeida disse que “a importância do festival é que ele desencadeou falas sobre sentimentos, realidades que nos permitem até conhecer melhor os estudantes que estão conosco na sala de aula. Assim como a  expressividade, a liberdade de escrita e o uso social da escrita contribuíram  muito para ampliação do vocabulário dos estudantes, sem contar  que os colegas conheceram-se melhor uns aos outros”.

Para saber sobre o Festival de Poesias, acesse a página do evento no Facebook.

Já da Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica este ano participaram mais de 774.000 mil estudantes em todo o Brasil. Na UFLA, a olimpíada foi nos níveis I,II,III E IV, nas cidades de Lavras e Nepomuceno. A professora do DFI Karen Luz Burgoa Rosso foi a responsável por conduzir a olimpíada. Todos os alunos que participaram da olimpíada ganharam certificado e medalha.

O estudante David Marques Alves de Jesus, de 11 anos, da Escola Cooperativa de Ensino e integração (Ecei), foi um dos ganhadores da OBA nível III e  ganhou uma medalha de ouro.  Ele demonstrou satisfação com a premiação : “eu estou muito feliz por ter ganhado; foi a primeira vez que eu participei da OBA. Adoro observar as estrelas estudar os astros,  astronomia, história e matemática”.

A professora Karen Rosso fez um convite às escolas que estavam presentes para que seus estudantes participem da olimpíada no próximo ano.

Melissa Vilas Boas – Relações Públicas e bolsista Dcom/Fapemig

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.