Ir direto para menu de acessibilidade.
BIOENGENHARIA

Simpósios abordam a importância da bioengenharia na produção de alimentos, no contexto de mudanças climáticas

Escrito por Gláucia Mendes | Publicado: Quarta, 05 Junho 2019 18:46 | Última Atualização: Quarta, 05 Junho 2019 18:49 | Acessos: 335
Gentileza solicitar descrição da imagem

A importância da Bioengenharia para a segurança alimentar frente às mudanças climáticas é tema de dois simpósios simultâneos que iniciaram as atividades na UFLA nesta quarta-feira (5/6): o II Simpósio Internacional de Ambiência na Produção Animal Sustentável (II SIAPAS) e o VI Simpósio Nacional de Construções Rurais e Ambiência (SIMCRA). Até sexta-feira (7/6), pesquisadores do Brasil e do mundo se reúnem para discutir alternativas capazes de assegurar a produção de alimentos em um contexto de mudanças climáticas.

“O tema é de relevância mundial. Nosso objetivo é compartilhar e gerar conhecimentos que contribuam para preencher as lacunas observadas nos sistemas de produção animal e agrícola, para assegurar a alimentação de uma população mundial em constante crescimento”, enfatizou a presidente dos simpósios e professora do Departamento de Engenharia da UFLA, Jaqueline de Oliveira Castro, na solenidade de abertura.

Representando o reitor da UFLA na solenidade, o pró-reitor de Pesquisa, professor Teodorico Ramalho, deu as boas-vindas aos participantes e ressaltou a importância dos eventos. “A área de pesquisa precisa buscar caminhos alternativos para sua sobrevivência. Ampliar a cooperação internacional e desenvolver projetos de alto impacto são ações cada vez mais necessárias. Esses simpósios seguem nessa direção, ao reunir pesquisadores do mundo inteiro para tratar de um tema que diz respeito à população mundial.”

Além da presidente dos simpósios e do pró-reitor de Pesquisa, também compuseram a mesa de abertura o chefe do Departamento de Engenharia, professor Carlos Eduardo Volpato, e o subchefe do Departamento de Engenharia Agrícola, professor Luiz Gonzaga de Carvalho.

O SIAPAS e o SIMCRA são considerados os mais importantes eventos, no Brasil, da área de construções rurais e ambiência, e têm o objetivo de apontar avanços e traçar metas a alcançar na área. Os principais temas abordados são: ambiência, bem-estar, sustentabilidade e recentes metodologias de análises e tendências de mercados que envolvam as instalações e ambiência destinadas à indústria de produção animal sustentável.

Este ano, os eventos foram organizados pelo Departamento de Engenharia da UFLA. Participam dos debates pesquisadores, professores, pós-graduandos e graduandos das principais instituições de ensino e pesquisa em Bioengenharia da Europa, dos Estados Unidos e de todas as regiões do Brasil. Mais de 140 trabalhos acadêmicos foram inscritos para apresentação nos eventos.


Programação

A conferência de abertura foi ministrada pela professora Ilda de Fátima Tinoco, da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A pesquisadora fez um resgate histórico da Engenharia de Biossistemas na produção animal e apresentou os desafios para o futuro. “Em 30 anos, vai ser praticamente necessário dobrar a produção animal para garantir alimentos a todos. Essa produção, em um contexto de mudanças climáticas, só será possível com o auxílio da bioengenharia”.

Na sequência, o professor do Departamento de Zootecnia da UFLA Antônio Gilberto Bertechini, proferiu a palestra “Efeitos das mudanças climáticas na segurança alimentar – Uma visão global”.

Os simpósios prosseguem com atividades na quinta e na sexta-feira. Confira a programação completa dos eventos.

 

 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.