Ir direto para menu de acessibilidade.
SEMINÁRIO

Seminário Metodológico Integrador será realizado na UFLA

Escrito por Melissa Vilas Boas | Publicado: Quinta, 03 Outubro 2019 18:17 | Última Atualização: Quinta, 03 Outubro 2019 18:17 | Acessos: 404

Será realizado na próxima terça-feira (8/10), às 14h, no Anfiteatro do Departamento de Administração e Economia da Universidade Federal de Lavras (DAE/UFLA), o Seminário Metodológico Integrador.O objetivo do evento é mostrar as possibilidades de integração entre os métodos Diagnóstico Rápido Participativo Emancipador (DRPE) e  Learning for Sustainability (LforS) ou, em português, Aprendizagem para a Sustentabilidade. Os métodos são utilizados para diagnosticar a realidade local, elaborar estratégias de ação e agir construtivamente, por meio de um processo dialógico e educativo, com o objetivo de desenvolvimento sustentável. O evento é organizado pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (Incubacoop/UFLA), Núcleo de Estudos em Administração Pública e Gestão Social (NEAPGES) e Diretoria de Relações Internacionais (DRI/UFLA).

O seminário será coordenado pelo professor José Roberto Pereira (DAE) e contará com a participação presencial do professor e pesquisador Andreas Kläy, do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Berna – Suiça.


Sobre os métodos DRPE e LforS

O DRPE (Diagnóstico Rápido Participativo Emancipador) é um método praxiológico de diagnosticar uma dada realidade social, em que os próprios participantes identificam seus problemas, discutem as causas desses problemas e, por eles mesmos, encontram as soluções ou os caminhos para resolvê-los. Caracteriza-se como um processo educativo de formação da consciência crítica em que as pessoas têm a oportunidade de romper com laços de dependência e se emancipar socialmente.

Este método já foi utilizado na elaboração de planos de desenvolvimento rural sustentável, em áreas de assentamentos rurais, em cooperativas, associações, comunidades.

O Learning for Sustainability (LforS) é um método de aprendizagem autodidática em que os participantes adquirem uma compreensão comum da complexidade das questões ligadas à gestão sustentável dos recursos naturais, por meio de intercâmbio de conhecimentos e de experiências pessoais.

Já foi utilizado em várias situações e contextos: gestão sustentável de recursos naturais, mediação de conflitos, processos de tomada de decisões, uso eficiente de recursos energéticos, otimização de estratégias familiares, conduzidos com sucesso em África, América Latina, Ásia e Ásia Central.

O evento é aberto a toda comunidade e as inscrições podem ser feitas no Sig.

Texto: Melissa Vilas Boas, relações públicas - bolsista Dcom/Fapemig.

 

 

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.