Ir direto para menu de acessibilidade.
EDUCAÇÃO INFANTIL

Recusa alimentar nos primeiros anos da infância foi tema de encontro virtual promovido pelo Nedi

Escrito por Gláucia Mendes | Publicado: Segunda, 13 Setembro 2021 13:50 | Última Atualização: Terça, 14 Setembro 2021 13:35 | Acessos: 139
Gentileza solicitar descrição da imagem

A recusa alimentar nos primeiros anos da infância foi tema do 6° encontro virtual do projeto de extensão “Escolas de Famílias”, promovido e transmitido pelo Núcleo de Educação da Infância da Universidade Federal de Lavras (Nedi/UFLA). Realizado no dia 24/8, O evento foi mediado pela professora Ana Paula Coelho Silva, coordenadora do núcleo, e teve como palestrante a nutricionista Melissa Guimarães, professora do Departamento de Nutrição da UFLA.

A professora Melissa abordou desde a importância do leite materno, que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é o alimento mais completo até os seis meses da criança, até a introdução alimentar. Também ressaltou que a criança reflete o hábito alimentar de sua família; portanto, se a criança não vê os pais adotando uma alimentação equilibrada e saudável, consequentemente ela também não criará esse hábito.

 A palestrante ressaltou que quando a criança começa a experimentar novos alimentos é comum que haja certa estranheza, porque ela ainda está muito acostumada com o leite materno. Logo, uma comida com a textura distinta do leite não a deixa tão segura, pois é algo novo. A criação de um hábito que estabeleça um sentimento de segurança para que a criança consiga se alimentar com um determinado alimento vai sendo construído frequentemente.

A professora problematizou os males que envolvem uma alimentação inadequada, tais como: o sedentarismo, associado ao uso excessivo de tecnologias, que pode causar também aumento de peso, pois quando comemos com a atenção desviada perdemos o controle da saciedade; o consumo de manufaturados industrializados, que, quando possível, devem ser substituídos por alimentos naturais, produzidos, inclusive, com o auxílio das crianças.

A importância do respeito à saciedade da criança, que não come e nem deve comer a mesma quantidade que os adultos; aos horários; à importância da família se sentar junto à criança e à variedade dos alimentos também foram abordados. O tema suscitou muitos questionamentos dos participantes, respondidos pela professora Melissa, que ainda aproveitou para fazer um alerta sobre a grande influência da mídia nas escolhas alimentares da criança.

O sétimo encontro ocorrerá no dia 21/9, a partir das 19h, pelo canal do Nedi no Youtube, e abordará o tema "Como e quando se aprende a ler e a escrever?".