Ir direto para menu de acessibilidade.
Animais silvestres

Jaguatirica é resgatada após atropelamento e está em tratamento no Hospital Veterinário da UFLA

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Quarta, 24 Novembro 2021 17:11 | Última Atualização: Sexta, 26 Novembro 2021 10:38 | Acessos: 307
Gentileza solicitar descrição da imagem

O Hospital Veterinário da Universidade Federal de Lavras (HU/UFLA) recebeu, na noite de terça-feira (23), uma jaguatirica macho (Leopardus pardalis) para tratamento. O animal foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais após ser atropelado na rodovia MG-332. Trata-se de um animal jovem, que estava ativo e agressivo no momento da captura, porém, durante a viagem, ficou prostrado, com bastante dificuldade respiratória e urinando sangue. 

A médica veterinária Samantha Favoretto, responsável pelo Ambulatório de Animais, explica que, no primeiro atendimento, “o animal foi medicado com analgésico, realizou exames nos quais foram  identificadas fraturas pelo corpo e diagnosticado um trauma cranioencefálico”. 

A jaguatirica será acompanhada pelos profissionais do Hospital Veterinário, que irão avaliar a parte neurológica e evolução das fraturas. “O trauma cranioencefálico evolui entre 48 e 72 horas, esse é o momento mais crítico. Evoluindo de maneira positiva, a perspectiva é que o animal passe por cirurgia com o objetivo de recobrar o movimento dos membros”. 

A estimativa para a duração do tratamento dependerá do prognóstico de outros especialistas. Inicialmente, espera-se que ele fique em média 2 meses no Hospital Veterinário. “Após a recuperação, o animal é encaminhado para órgãos responsáveis, eles avaliam as condições físicas e também o período de cativeiro. Dessa maneira, avaliam se a jaguatirica será devolvida para seu habitat natural ou encaminhada para algum lugar específico para acolhimento”, destaca Samantha.