Ir direto para menu de acessibilidade.
Dia Nacional de Urubuzar

Projeto de extensão promove conscientização sobre os impactos dos atropelamentos na biodiversidade brasileira

Escrito por Comunicação UFLA | Publicado: Terça, 30 Novembro 2021 14:59 | Última Atualização: Terça, 30 Novembro 2021 16:37 | Acessos: 515

Realizado em novembro, o Dia Nacional de Urubuzar reúne equipes espalhadas por todo o País

Arquivo pessoal do CBEE

Todos os anos, mais de 475 milhões de animais selvagens são atropelados no Brasil. Os dados são do Centro Brasileiro de Ecologia de Estradas da Universidade Federal de Lavras (CBEE - UFLA) e demonstram que essas ocorrências podem acelerar a extinção de espécies. Para sensibilizar a sociedade sobre os impactos de rodovias e ferrovias na biodiversidade, o CBEE realizou a quarta edição do projeto extensionista Dia Nacional de Urubuzar (DNU). As atividades foram realizadas entre os dias 13 e 15/11 em diversas regiões do País, em parceria com a startup EnvironBIT.

Com a ajuda de voluntários, diversas ações de conscientização foram realizadas simultaneamente. “Ao todo, em 2021, foram 57 times, em 42 cidades e 16 estados. Chamamos de times os grupos de pessoas que planejaram as ações realizadas, como palestras, treinamentos, distribuição de folders, adesivos e outros materiais. A conscientização ocorreu em praças, parques, zoológicos e por meio de blitzes educativas em rodovias, em parceria com a polícia rodoviária”, explica o coordenador do projeto, professor Alex Bager, do Instituto de Ciências Naturais da UFLA (ICN).

O Dia Nacional de Urubuzar (DNU) faz parte do calendário brasileiro de ações de conservação da biodiversidade. Já foi realizado em 2014, 2016 e 2019. “De Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, até Manaus, no Amazonas, tivemos estudantes de graduação, pós-graduação e diversos voluntários participando das atividades. Tivemos como meta sensibilizar entre 20 e 30 mil pessoas. O DNU se tornou a maior ação nacional em prol da redução dos atropelamentos de fauna”, comenta Bager.

Quem participa do projeto, como a mestranda em Tecnologias e Inovações Ambientais Érika Paula Castro, considera gratificante poder contribuir com a causa. “O Dia Nacional de Urubuzar é uma ação muito importante para conscientizar a sociedade do impacto das estradas sobre a nossa fauna. Além de conseguir mobilizar centenas de grupos em todo o País, serve para mostrar à sociedade que todos nós podemos colaborar para reduzir os atropelamentos”, diz.

Além da conscientização, o evento marca o lançamento da nova versão do Sistema Urubu, um aplicativo gratuito desenvolvido pelo CBEE que mapeia os pontos com maior ocorrência de atropelamentos de animais silvestres. “Ninguém paga para ajudar a preservar. As fotos compartilhadas no aplicativo ajudam a conhecer os locais mais críticos e, assim, pesquisadores, órgãos não governamentais e outros segmentos podem propor medidas de proteção naquelas áreas para reduzir impactos e minimizar a perda de vidas”, explica Bager.