Ir direto para menu de acessibilidade.
UFLA NA COMUNIDADE

Projeto de extensão leva atendimento veterinário gratuito até abrigo canino localizado em Lavras

Escrito por Claudinei Rezende | Publicado: Sexta, 29 Setembro 2023 12:03 | Última Atualização: Quinta, 05 Outubro 2023 10:11
Gentileza solicitar descrição da imagem

“Canis existem para resolver um problema que, se as pessoas tivessem mais consciência, não existiria”. É o que observa Agulucia Martins Amarante, uma das coordenadoras do Parque Francisco de Assis, um abrigo canino sem fins lucrativos localizado em Lavras (MG). Para contribuir para o bem-estar dos cerca de 300 animais abrigados no Parque, o projeto de extensão Veterinário Aprendiz Voluntário, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), tem levado atendimento veterinário gratuito para esses cães, fornecendo também auxílio em outras atividades.

Para isso, estudantes do curso de Medicina Veterinária da UFLA são orientados e se organizam para prestar esse atendimento aos cães abrigados. A estudante do 9º período Luana Almeida Lopes, que está no projeto desde o seu ingresso na Universidade, explica algumas das ações que vêm realizando ao longo dos anos. “Nós ajudamos, principalmente, no tratamento de alguns animais que estão doentes. Fazemos aplicação de medicação, manejo de feridas, limpeza de tártaro. Auxiliamos, ainda, os médicos veterinários residentes da UFLA que também vêm ao Parque toda semana. Promovemos também mutirão de banho, de vacinação, de vermifugação.”

De acordo com a coordenadora do projeto e professora da Faculdade de Zootecnia e Medicina Veterinária (FZMV/UFLA), Maria Raquel Isnard Moulin, o projeto contribui para a formação profissional e para a prática dos estudantes. “O objetivo é fazer com que eles participem de forma voluntária em uma instituição onde há o abrigamento de animais em situação de vulnerabilidade. Além dessa questão social da medicina veterinária, eles praticam a medicina de abrigos, importante área inserida na medicina veterinária do coletivo.”

A residente do Programa de Residência em Medicina Veterinária da UFLA, Blenda Araujo Martins Ferreira, concorda com a professora. “Nós, da Residência, também realizamos ações dentro do Parque. Então, acaba existindo este elo entre o projeto e a Residência. Isso é muito significativo para mim, pois, durante a minha graduação, eu também participei do projeto desde o meu primeiro período, em 2017. Por isso, esse é um projeto do meu coração. Foi aqui no Parque que aprendi cuidados básicos e também onde tive contato com protetores, com outras pessoas de outras áreas. Foi aqui que eu descobri a minha paixão. Eu aprendi sobre medicina veterinária de abrigos, saúde pública, saúde coletiva. Então, se eu, hoje, sou uma profissional mais humana, é por causa do Parque e do projeto”, relata.

Mais sobre o projeto e o Parque

O projeto Veterinário Aprendiz Voluntário começou em 2015 e, no início de cada período, ingressam nele, por seleção, cerca de dez estudantes. Ao entrar, eles passam por um curso de capacitação para entender a dinâmica de trabalho e outras informações básicas. No Parque, as atividades são organizadas pelos próprios estudantes, em uma escala elaborada por eles. Quinzenalmente, os integrantes realizam também reuniões de planejamento.

O Parque Francisco de Assis é uma Organização não Governamental (ONG) que abriga, principalmente, animais mais idosos e doentes. Para a manutenção do Parque, existe um convênio com a Prefeitura Municipal de Lavras e o recebimento de doações de pessoas da comunidade. Além de Agulucia, o local é coordenado por Lenilce Gomide e Patrícia Arriel.

As coordenadoras ressaltam que os cães abrigados no Parque Francisco de Assis podem ser adotados. Adote um cão!

Acesse o site do Parque para saber mais.

Assista ao vídeo do UFLA na Comunidade para conhecer alguns dos envolvidos no projeto:

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.