Ir direto para menu de acessibilidade.
CAFEICULTURA

23° Encontro Sul-Mineiro de Cafeicultores é realizado na UFLA

Escrito por Claudinei Rezende | Publicado: Sexta, 01 Dezembro 2023 09:02 | Última Atualização: Sexta, 15 Dezembro 2023 15:14
Gentileza solicitar descrição da imagem

No dia 28/11, o Setor de Cafeicultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA) se transformou em um espaço de troca de experiência para cerca de 218 cafeicultores de 28 municípios do sul de Minas Gerais. Durante a programação do 23° Encontro Sul-Mineiro de Cafeicultores, produtores da região, representantes de empresas públicas e privadas e estudantes, técnicos administrativos e terceirizados da Instituição reuniram-se para compartilhar novas tendências e tecnologias na cafeicultura.

Para a professora da Escola de Ciências Agrárias de Lavras (Esal/UFLA) Dalyse Toledo Castanheira, o evento é um espaço para debater soluções, equipamentos e tecnologias que garantem à produção do café maior qualidade, sustentabilidade e rentabilidade. “Aqui, os cafeicultores podem conhecer técnicas e pesquisas que podem contribuir para solucionar problemas que eles enfrentam no dia a dia. É muito gratificante para nós, que nos dedicamos tanto ao café, poder acolher esses produtores e levar até eles, por meio de um evento extensionista, tudo o que produzimos. Juntos podemos construir uma melhor solução para cada realidade.”

A cafeicultora da Fazenda Catiguá, localizada em Cambuquira (MG), Ivanyse Borges de Carvalho Bernardes comprova a fala de Dalyse. “Sou produtora de café especial em uma região bastante privilegiada. Aqui na UFLA, sempre participo de alguns eventos da área. Minha filha estuda na Universidade e isso é um incentivo para eu vir, o que é ótimo para mim. Hoje, por exemplo, estou aprendendo muito no Encontro. Estou conseguindo conferir de perto várias novidades na cafeicultura e tenho certeza de que isso vai me ajudar a me atualizar ainda mais”, diz.

A professora Dalyse ressalta que os cafeicultores não são os únicos beneficiados. “No nosso Encontro, os estudantes são os principais atores. São eles que, de fato, organizam e preparam a área. Além disso, como eles vão para o campo demonstrar na prática tudo o que ensinamos na teoria, essa experiência é de grande valor para os nossos discentes.”

O estudante do oitavo período do curso de Agronomia da UFLA e atual presidente do Núcleo de Estudos em Cafeicultura (Necaf/UFLA) Lucas Emídio Maia confirma que a ação anual traz benefícios para a sua formação. “Para mim, é muito gratificante poder participar da organização e desenvolver o meu networking. Porém, o evento proporciona muito mais. Aqui, eu posso ter contato com os produtores durante um importante dia de campo. Tenho certeza de que isso garante que eu saia da UFLA como um profissional muito mais completo e capaz. Essa é uma das grandes oportunidades que a Universidade proporciona”, conta.

Além de visitas a estandes de patrocinadores e de 18 núcleos de estudos, na 23ª edição do evento os cafeicultores tiveram a oportunidade de participar de estações de campo, as quais contavam com palestrantes renomados da UFLA, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária do Café (Embrapa Café). Os temas das palestras abordaram, por exemplo, a utilização de drones, o aumento de produtividade, as variações climáticas e a sustentabilidade.

Encontro tradicional

O gerente regional da Emater de Lavras, Marcos Antônio Fabri Júnior, explica a trajetória do evento. “O Encontro Sul-Mineiro de Cafeicultores foi realizado pela primeira vez aqui na Universidade, em 1995, no Ginásio da UFLA. O elevado número de participantes, que aumentava a cada edição, fez com que a UFLA, a Emater e os nossos parceiros acabassem realizando o evento também em outros municípios do sul de Minas. Foi aí que surgiu o Circuito Sul-Mineiro de Cafeicultura. Isso sem mencionar outras iniciativas que também acabaram surgindo dessa ação, como o Concurso de Qualidade de Cafés do Estado de Minas Gerais e a feira anual Expocafé, realizada em Três Pontas”, explica.

A atual edição do Encontro foi organizada pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), por meio da Emater-MG, da UFLA, da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe/UFLA), do Necaf/UFLA e da Prefeitura Municipal de Lavras.

Confira as fotos do evento.

 
Portal da Ciência - Universidade Federal de Lavras
FalaBR: Pedidos de informações públicas e manifestações de ouvidoria em um único local. Sistema Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC) e Ouvidoria.