Ir direto para menu de acessibilidade.
Medicina e Saúde

Cerimônia marca início das obras do Hospital Universitário da UFLA

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Sexta, 28 Setembro 2018 16:04 | Última Atualização: Sexta, 28 Setembro 2018 16:32 | Acessos: 3125

Na manhã desta sexta-feira (28/9), a Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizou a cerimônia para lançamento da pedra fundamental que marca o início das obras do Complexo da Saúde II - Hospital Universitário da UFLA. O evento reuniu gestores, servidores e colaboradores da Universidade, autoridades do Município e comunidade na área em que o prédio será construído, no bairro Jardim Glória, Zona Oeste de Lavras - local onde funcionou o antigo Hospital do Coração. Além do descerramento da placa alusiva à pedra fundamental, a cerimônia contou com o enterro de uma caixa de mensagens e lembranças que serão abertas daqui a 25 anos e com o plantio de uma muda de pau-brasil, simbolizando o momento atual.

O chefe do departamento de Ciências da Saúde (DSA), professor Thales Augusto Barçante, deu as boas vindas ao público presente, reforçando o trabalho de toda a equipe da UFLA no desenvolvimento e execução. "Muitas pessoas se dedicaram para que esse projeto ocorresse dentro do cronograma que precisávamos. Espero, em breve, ver essa área com uma estrutura moderna, pronta para atender a população e ajudar na formação dos nossos estudantes", falou.

A vice-reitora da UFLA, professora Édila Von Pinho, também destacou que o diferencial da Instituição está em sua equipe de colaboradores. "Temos trabalhado juntos para que a sociedade tenha retorno do investimento feito na educação pública. Tenho certeza que essa estrutura trará benefícios para várias pessoas, visando à saúde e uma melhor qualidade de vida para todos."

Uma conquista para Lavras

O Hospital Universitário da UFLA terá um modelo – o de hospital-dia – inédito na região. Contemplará consultas médicas especializadas, exames de apoio diagnóstico especializados e cirurgias eletivas de baixa e média complexidade, que exijam internação não superior a 12 horas. Na primeira fase, com previsão para conclusão em 2020, contará com 80 leitos e 4 salas de cirurgia e uma base planejada que permitirá a ampliação por meio da construção de novos andares no futuro. O investimento nas fases de projeto e construção da infraestrutura completa é de quase 18 milhões de reais.Todo atendimento prestado à população será feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o prefeito de Lavras, José Cherem, o projeto é uma conquista, pois coloca o Município no circuito dos hospitais federais do Brasil, com um modelo contemporâneo de atendimento. "Cerca de 75% da população brasileira depende exclusivamente das oportunidades de tratamento no pelo sistema público de saúde, seja para consultas e realização de exames ou cirurgias. O modelo de hospital-dia é altamente produtivo, pois realiza o atendimento de forma rápida e com qualidade", reforçou o prefeito, que destacou a importância do apoio da UFLA em diversas ações desenvolvidas pela Prefeitura.  

Segundo o reitor da UFLA, professor José Roberto Scolforo, o hospital também terá o compromisso com um serviço de saúde de padrão diferenciado de relacionamento com o cidadão, priorizando-se o atendimento humanizado. "Esse hospital foi concebido com o propósito de cuidar e tratar o ser humano com a dignidade e respeito que merece. Queremos somar ao sistema de saúde e Lavras e região, sendo uma opção de atendimento qualificado e sensível às pessoas. Trabalharemos com uma linha de atendimento moderna, com sistemas de agendamento que evitem filas e preparados para, em casos de urgência, atender ao paciente com o devido cuidado de forma imediata. O hospital universitário é um dos maiores presentes da UFLA para a população de Lavras", ressaltou.

Aporte para a formação na graduação e pós-graduação

Além do benefício de atendimento direto à população, o hospital universitário terá papel a cumprir nas atividades acadêmicas dos cursos da UFLA ligados à área de saúde, como Medicina, Nutrição e Educação Física. Scolforo frisou que as equipes irão atuar de forma integrada na saúde preventiva. "A saúde e o bem-estar passam por uma boa alimentação e pela prática de atividades físicas. Por isso, vamos envolver também nossos docentes e estudantes da Nutrição e Educação Física com projetos de extensão e atendimento à comunidade dentro do hospital."

Mesmo com o hospital-dia em funcionamento, a parceria do curso de Medicina da UFLA com os outros dois hospitais da cidade permanecerá fundamental,  especialmente para que os acadêmicos acompanhem os procedimentos de maior complexidade.

Veja as fotos da cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Hospital Universitário da UFLA:

Assunto(s): saúde , hospital , medicina

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.