Ir direto para menu de acessibilidade.
CONGRESSO PÓS-GRADUAÇÃO

Professores da UFLA são premiados por publicações científicas em âmbito internacional

Escrito por Camila Caetano | Publicado: Terça, 06 Novembro 2018 12:23 | Última Atualização: Segunda, 12 Novembro 2018 11:22 | Acessos: 727
Gentileza solicitar descrição da imagem

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) realizou nessa segunda-feira (5/11) uma cerimônia de premiação dos docentes que tiveram suas publicações científicas destacadas em âmbito internacional. Receberam o prêmio "Professor Alysson Paulinelli" os professores Paulo dos Santos Pompeu, Rafael Dudeque Zenni e Juliano Elves Oliveira, que publicaram, em 2017, os artigos científicos em periódicos com maior fator de impacto JCR corrigido. Também foram agraciados os professores Teodorico de Castro Ramalho, Júlio Neil Cassa Louzada e Rosane Freitas Schwan com o prêmio "Professor Alfredo Scheid Lopes", com relação ao maior número de citações na base Web of Science, considerando o período de 2015 a 2017.

O assessor para Desenvolvimento Acadêmico e Administrativo e pró-reitor adjunto de Pós-Graduação, professor Márcio Machado Ladeira, apresentou um breve currículo de todos os agraciados. “É importante mostrar aos pesquisadores que ainda focam muito em periódicos nacionais, de baixo impacto, que temos muitos docentes da UFLA conseguindo acessar excelentes periódicos internacionais. Por isso, na programação do Congresso da Pós-Graduação, que ocorre nesta semana, teremos uma série de palestras de professores que são editores de periódicos internacionais”. Ladeira salientou a alta capacidade produtiva dos professores da UFLA. “Temos certeza que há produção de altíssima qualidade na UFLA, talvez o que falta seja um pouco de ousadia para alguns pesquisadores para tentarem publicar nesses periódicos internacionais”.

Também esteve presente na cerimônia o reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo. Para ele, essa premiação tem dois objetivos: reconhecer o valor de pessoas que marcam a importância da UFLA para o País, homenageando assim os professores Alysson Paulinelli e Alfredo Sheid Lopes e também fazer um reconhecimento público da qualidade dos trabalhos dos docentes da UFLA. “Com sabedoria e persistência conseguimos promover a popularização do conhecimento. Por isso, espero que vocês se inspirem nesses dois professores que engrandecem essa Universidade de uma maneira muito especial. E destaco que não queremos iniciar com essa premiação a era da produção em nossa Instituição, mas sim fortalecer o nosso compromisso na sociedade e no progresso do País”, destacou.

Na solenidade, o professor Alfredo contou um pouco da sua história acadêmica e os desafios que já enfrentou. “Nesse momento passa um filme na nossa cabeça. Sempre lutei para dar o melhor de mim e para transformar os desafios em oportunidades. Nesses quase 60 anos de carreira eu tive três grandes desafios. O primeiro, em 1963, quando eu e mais 18 professores ficamos dois anos sem receber para que essa Universidade não fechasse. O segundo, em 1972, quando resolvi ir para os Estados Unidos aprimorar os meus conhecimentos mesmo com muita dificuldade para conseguir uma bolsa de estudos. Já o terceiro, em 1973, quando enfrentei vários problemas na coleta de solos de 60 municípios do Cerrado, e para resolvê-los criei um trado específico para ser manuseado naquele tipo de solo”. Para encerrar, o professor destacou que os jovens de hoje são a razão da sua existência profissional.

Paulinelli seguiu a mesma linha, enfatizando a importância de se enfrentar os desafios para a realização de grandes sonhos. “Sonhem alto, mas não se esqueçam que entre os sonhos e a realidade há muito trabalho e dedicação. Como vocês, sonhei muito aqui. Vocês são privilegiados por estarem em uma Universidade que dá exemplo ao País. E se hoje posso ser inspiração para jovens profissionais como vocês é uma honra muito grande”.

Premiados

Ganharam o prêmio Alysson Paulinelli os três docentes que publicaram no ano anterior ao da premiação artigos científicos em periódicos com maiores fatores de impacto, considerando a base Web of Science (JCRc corrigido por áreas):

3º lugar: professor Juliano Elvis de Oliveira

Graduação em Engenharia Metalúrgica e de Materiais, UFMG (2005), mestre em Ciência e Engenharia de Materiais, UFMG (2007), doutor em Ciência e Engenharia de Materiais (Polímeros), UFSCar (2011). Ingressou na UFLA em 2014.

Publicou o artigo Solution blow spun nanocomposites of poly (lactic acid/celulose nanocrystals from Eucalyptus kraft pulp no periódico Elsevier de JCR 5,158.

2º lugar: professor Rafael Dudeque Zenni

Graduação em Engenharia Florestal na UFPR (2005) e doutor em Ecologia e Biologia Evolutiva pela Universidade do Tennesse, EUA (2014). Ingressou na UFLA em 2016.

Publicou o artigo Invasion Science in the Developing World: a response to Ricciard et al., no periódico Trends in Ecology & Evolution de JCR 15,938.

1º lugar: professor Paulo dos Santos Pompeu

Graduação em Ciências Biológicas na UFMG (1994), mestre em Ecologia na UFMG (1997), e doutor em Meio Ambiente Saneamento e Recursos Hídricos na UFMG (2005). Ingressou na UFLA em 2005.

Publicou o artigo Rainforest metropolis casts 1,000-km defaunation shadow no periódico PNAS de JCR 9,504.

No prêmio Alfredo Sheid Lopes os três docentes que apresentarem o maior número de citações na base Web of Science, considerando os três anos anteriores ao prêmio da premiação: 

3º lugar: professora Rosane Freitas Schwan

Graduação em Agronomia na UFES (1981), mestre em Microbiologia Agrícola na UFV (1984) e doutora em Microbiologia na University of Bath, Reino Unido (1995). Ingressou na UFLA em 1996.

Publicação de 50 artigos em três anos com 223 citações.

2º lugar: professor Júlio Neil Cassa Louzada

Graduação em Ciências Biológicas na UFV (1992), mestre em Entomologia na UFV (1995) e doutor em Entomologia, UFV (2000). Ingressou na UFLA em 1997.

Publicação de 18 artigos em três anos com 249 citações.

1º lugar: professor Teodorico de Castro Ramalho

Graduação em Química na UnB (1999), mestre em Química no IME (2001), doutor em Química no IME (2005). Ingressou na UFLA em 2005.

Publicação de 64 artigos em três anos com 313 citações

A premiação

Além de diploma de reconhecimento, a UFLA, apoiará os agraciados da seguinte forma:

Primeiros colocados em cada categoria: aquisição de passagens e concessão de diárias (até 5,5 diárias) para a participação em Congresso nacional ou internacional no ano de 2019 (período de março a dezembro).

Segundo e terceiro colocados em cada categoria: aquisição de um equipamento para ser utilizado em pesquisas e demais atividades do docente no valor de até R$ 4.000,00, a ser adquirido no ano de 2019.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.