Ir direto para menu de acessibilidade.
Formatura

UFLA realiza Colação de Grau para 28 cursos de graduação - confira as fotos

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Sexta, 23 Agosto 2019 11:31 | Última Atualização: Sexta, 23 Agosto 2019 18:10 | Acessos: 4165
Gentileza solicitar descrição da imagem

Momento tão sonhado por estudantes e familiares, a colação de grau dos formandos do primeiro semestre de 2019 da Universidade Federal de Lavras (UFLA) ocorreu nesta quinta-feira (22/8). Durante todo o dia, foram realizadas cerimônias para a entrega do diploma a mais de 500 novos profissionais, de 28 cursos de graduação presenciais. O clima foi de agradecimento, emoção e comemoração com familiares e amigos.

Para o professor da UFLA Luiz Cláudio Paterno Silveira, a emoção foi intensa. O docente foi um dos servidores que teve a oportunidade de entregar o diploma a seu filho, o estudante Heitor Salve Silveira, do curso de Engenharia de Controle e Automação. “Ainda tenho mais dois diplomas para entregar, da minha esposa, que vai se formar em Matemática no próximo semestre, e da minha filha, que faz Biologia na UFLA”, acrescenta, orgulhoso.

A reflexão sobre a função da Universidade também teve espaço na solenidade. “Ainda somos uma minoria da sociedade, mas não deveria ser assim. Precisamos lutar para que a universidade seja um espaço cada vez mais inclusivo e democrático”, enfatizou o pró-reitor de Graduação, professor Ronei Ximenes Martins, em seu pronunciamento, durante a primeira cerimônia do dia. Em cerimônia realizada à tarde, a vice-reitora da UFLA, professora Édila Vilela de Resende Von Pinho, reforçou que o número de brasileiros com acesso ao nível superior ainda é baixo. “Dito isto, queridos formandos, considerem-se privilegiados por terem concluído curso superior em uma instituição pública, gratuita e com reconhecida competência nas áreas de ensino, pesquisa e extensão”. Ela destacou o crescimento da UFLA, que hoje está entre as dez melhores universidades do País, segundo avaliação do MEC. “Mantivemos, nos últimos cinco anos, o duplo cinco, que é a nota máxima no índice geral de cursos (IGC) e nota máxima na avaliação institucional, e vocês fizeram parte disso, pois houve a contribuição de cada um para que isso acontecesse”.

A emoção estava por toda parte. A oradora Cláudia Maria de Oliveira Veiga  proferiu:  “difícil ter que expressar em palavras tudo que estamos sentindo nesse momento, alegria pela vitória, tristeza pela partida, saudades dos momentos que ficarão guardados na memória e no coração, e gratidão por termos tido a oportunidade de vivenciar tudo isso”.

As solenidades têm também a participação dos servidores homenageados pelas turmas. Sentimentos como gratidão não ficaram de fora. “Receber essa homenagem foi muito gratificante. Trabalho no Departamento de Biologia há sete anos e fico muito feliz em saber que os estudantes gostam de mim e gostam do trabalho que faço. Viver esse momento é uma grande honra”, disse a servidora Ana Natália Luz.

Primeiras turmas das novas engenharias e do curso Pedagogia

A solenidade foi um momento histórico para a Licenciatura em Pedagogia e os bacharelados em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia Química. Criados recentemente na UFLA, os cursos formaram seus primeiros profissionais.

“É o fim da etapa de um ciclo que está apenas começando. Este momento coroa o trabalho realizado há mais de cinco anos por professores e técnicos administrativos que deram o seu melhor para a criação do curso”, comemora o coordenador do curso de Engenharia Civil, professor Lucas Henrique Abreu.

Para o coordenador do curso de Engenharia Mecânica, professor Fábio Lúcio Santos, “formar a primeira turma é uma conquista tão grande para os professores, que se equipara à emoção sentida pelos estudantes. Encerrar um ciclo demonstra que o trabalho está sendo bem feito”.

A professora Zuy Maria Magriotis, coordenadora do curso de Engenharia Química, lembra que está na equipe desde 2013, na concepção do projeto pedagógico dos cursos das novas engenharias pela Área Básica de Ingresso (ABI). E o fato de ter acompanhado todo o processo torna essa primeira formatura ainda mais significativa. “Quando participamos e vemos o fruto - o sucesso hoje desses meninos - é muito gratificante. Todos os formandos que tentaram ingressar em programas de pós-graduação em outras universidades foram aprovados com destaque”, avalia.

A formanda Ana Cláudia Tempesta Baratti estava entre as primeiras egressas da Engenharia Química e fez a sua avaliação: “Mesmo sendo da primeira turma, o fato é que a UFLA tem uma estrutura muito boa, e não faltou nada para nós. Foi um curso incrível!” Os pais de Ana Cláudia, Getúlio Baratti Lima e Maria Júlia Tempesta Baratti, residem em Nepomuceno e contam que ela é a segunda filha que se forma pela UFLA. “É uma emoção muito grande. Ficamos muito orgulhosos da UFLA, uma universidade de renome que fica pertinho da gente e dá uma boa educação para esses meninos. Ficamos muito satisfeitos”, diz Getúlio.

Para os estudantes do curso de Licenciatura em Pedagogia, o momento era de celebrar inúmeras conquistas que vieram no decorrer destes quatro anos e meio, sendo considerado pelo chefe do Departamento de Educação, professor Cláudio Lúcio Mendes, um momento histórico. “É um momento histórico, que marca a importância da formação de professores, não só para a cidade de Lavras, mas também de toda região, contribuindo para a melhoria da nossa microrregião”.

Além da formação de professores, o curso de Pedagogia vem se constituindo também no seu sentido estrutural. “Hoje, nós já temos a Brinquedoteca, o laboratório de práticas pedagógicas inovadoras, o laboratório de práticas de estágio. São propostas que conseguem fazer com que a prática pedagógica que a gente discute em sala de aula tenha um exercício cotidiano e em diálogo com o espaço escolar”, completa o professor Cláudio Mendes.

Para a formanda do curso de Licenciatura em Pedagogia Aline Iraci Rodrigues Silva, o momento é de felicidade e agradecimento pela oportunidade de viver este momento. Ela ressalta o crescimento pessoal e profissional que lhe foi conferido durante esta etapa. “Hoje eu tenho uma visão completamente diferente sobre a educação da que tinha quando iniciei a graduação. Minha formação me permitiu abrir os horizontes, sabendo que se eu puder transformar a vida de alguém, estarei contribuindo e muito, pois acredito que a educação é uma esperança, esperança que a gente tem de que poderá mudar alguma coisa no mundo”, ressalta a graduada Aline Silva.

O que mais disseram alguns participantes das cerimônias

“Para mim era um sonho cursar Medicina Veterinária e hoje estou me formando em uma universidade de prestígio e reconhecimento, nacional e internacional, como a UFLA. É uma honra estar aqui fazendo parte da história da universidade, encerrando esse ciclo que é de fundamental importância para todos nós”. Fernando Marcos Rubim, formando Medicina Veterinária.

“Durante a vida acadêmica passamos por coisas boas e difíceis, e estar aqui hoje, realizando um sonho, junto com nossos familiares, para mim não tem preço”. César Losardo, formando Agronomia.

“Eu nunca me desliguei da UFLA.  Venho com muita frequência. Sou da turma do Alysson Paulinelli. Na época, fomos apenas 15 formandos. A UFLA cresceu espetacularmente. Tenho um carinho muito grande pela Universidade e grandes amigos aqui. Acho muito gratificante ver minha neta Luiza Rezende Abreu se formar aqui, como eu – somos os únicos da família.” Engenheiro Agrônomo José Vespasiano de Abreu Filho, formado na turma de 1959.

 

 

 

 

 

 

 

Texto e fotos:

Ana Eliza Alvim, jornalista

Gláucia Mendes, jornalista 

Caroline Batista,  jornalista - bolsista Dcom/Fapemig

Eder Spuri - bolsista Dcom/Fapemig

Greicielle dos Santos - bolsista Dcom/Fapemig

Karina Mascarenhas - bolsista Dcom/Fapemig

Melissa Vilas Boas - bolsista Dcom/Fapemig

Maik Ferreira  - estagiário  Dcom/UFLA

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.