Ir direto para menu de acessibilidade.
AGENDA

Em Brasília, reitor da UFLA participa de novas reuniões em busca de recursos para a Universidade

Escrito por Ana Eliza Alvim | Publicado: Terça, 15 Outubro 2019 18:05 | Última Atualização: Terça, 15 Outubro 2019 18:29 | Acessos: 466
Gentileza solicitar descrição da imagem

Nesta quarta-feira (16/10), o reitor da Universidade Federal de Lavras (UFLA) cumpre nova agenda em Brasília. Os compromissos envolvem reuniões no Ministério da Cidadania, no Ministério da Educação (MEC), no Congresso Nacional e na Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Toda a programação é direcionada à busca de recursos que possam garantir o avanço da UFLA em diferentes frentes.

No Ministério da Cidadania a pauta é com a Secretaria Especial do Esporte, onde serão discutidos projetos da UFLA na área de Educação Física. Eles envolvem a construção de piscina aquecida semiolímpica coberta, integrada a painéis fotovoltaicos que permitam a geração de energia de forma sustentável, além da construção de um ginásio para ginástica aeróbica, acrescido de toda a urbanização necessária. Scolforo lembra que essas iniciativas foram propostas há cerca de cinco anos, e negociações reiteradas estão sendo feitas ao longo do tempo para viabilizar a liberação. “Neste momento, estou esperançoso de conseguirmos ter a demanda atendida”.

No MEC, o reitor participará de reunião com o titular da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Sesu/MEC), Arnaldo Barbosa Lima Júnior; com o coordenador geral de Planejamento e Orçamento das Instituições Federais de Ensino, Weber Tavares da Silva Júnior; e com o diretor substituto de Desenvolvimento da Rede de Instituições Federais de Ensino Superior (Difes), Tomás Dias Sant’Ana. Entre os assuntos a serem discutidos estão as demandas por novas vagas para técnicos administrativos e professores, por equipamentos, além de propostas relativas a editais de incentivo à inovação pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapi). Scolforo também argumentará sobre a necessidade de descontingenciamento dos recursos que ainda estão bloqueados, essenciais para que a Universidade avance no atendimento à comunidade.

Outra pauta de alta relevância com o MEC são projetos específicos do hospital universitário da UFLA. “Estamos com dois projetos, muito bem detalhados pela equipe do Departamento de Ciências da Saúde (DSA). Eles se referem a equipamentos e previsão de pessoal para que o hospital possa iniciar suas atividades quando concluídas as obras. A infraestrutura segue em ritmo acelerado de construção e todos os recursos para as obras já estão garantidos. Teremos um hospital 100% SUS, projetado para atender à população de Lavras e região com alta eficiência, qualidade de gestão e que seja exemplo em humanização do atendimento”, avalia.

Ainda no Ministério da Educação, o reitor passará pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), onde buscará novas vagas de professores da carreira de magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT). O projeto é aumentar a oferta de vagas para crianças no Núcleo de Educação da Infância (Nedi), de forma a ampliar a colaboração da UFLA para com a educação básica em Lavras e no País.

O reitor participará, ainda, em reunião na Andifes, durante a qual o secretário da Sesu apresentará nova versão do programa Future-se. No Congresso Nacional, a meta é a interlocução com parlamentares da bancada de Minas Gerais, na busca por emendas que representem mais oportunidades para que a Universidade continue seu curso de desenvolvimento, beneficiando toda a sociedade.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.