Ir direto para menu de acessibilidade.
JORNAL UFLA

Nova edição destaca conquistas dos 111 anos, em clima de comemoração de 25 anos de transformação em Universidade

Escrito por Joyce | Publicado: Sexta, 03 Janeiro 2020 09:04 | Última Atualização: Sexta, 23 Julho 2021 15:46 | Acessos: 1144
Gentileza solicitar descrição da imagem

Há 25 anos, a Esal tornou-se UFLA. Somos, portanto, uma instituição centenária, marcada pela tradição e pelo reconhecimento, e ao mesmo tempo, uma universidade jovem, cheia de energia e ousadia, disposta a reunir toda a experiência do passado e todo o vigor dos novos planos, para seguir avançando e diversificando suas atividades. A edição n°114 do Jornal UFLA representa bem essa mescla histórica: falamos aqui das celebrações dos 111 anos de fundação da Escola Agrícola de Lavras (EAL) e aquecemos as expectativas para comemorar 25 anos de UFLA. Acesse a versão digital do jornal e leia o conteúdo na íntegra.

Nesta edição, falamos de reconhecimento externo e projeção mundial, com os resultados da avaliação do Enade, do ranking THE e com a promoção, na UFLA, de um evento do Green Metric; falamos de relevância social, com o projeto que auxilia o poder público a gerir melhor as águas no Estado; falamos de empreendedorismo, com o Desafio Startup UFLA; falamos de pesquisa reconhecida e atestada pelo Prêmio Capes de Tese; falamos de amor pela UFLA, ao conversarmos com Eleci Pereira; falamos de internacionalização, com o Proafri; falamos de cuidados pessoais, ao abordar a campanha de prevenção ao suicídio; falamos de convivência, ao relembrar a importância da campanha de segurança no trânsito; falamos de atuação comunitária, ao relatar o voluntariado de servidores e estudantes no Cedet. Ou seja, falamos, em poucas páginas, de uma pequena amostra do que pulsa na UFLA 111 anos após plantada a ideia, e 25 anos depois de transformados os horizontes.

Em meio aos conteúdos do presente, a editoria “Na UFLA Tem” traz uma pontinha do passado, mostrando que o quadro Minuto do Câmpus, hoje produzido pela DCOM, é herdeiro do - famoso entre os esalianos - Minuto do Campo, que mobilizou a Universidade nos anos finais de Esal e iniciais de UFLA. A ele é atribuído o mérito de ter feito a Esal conhecida em todo o País, o que contribuiu para a aprovação da transformação em Universidade. É um bom momento para que esalianos rememorem o vigor desse passado e para que os uflanianos conheçam melhor a história que nos trouxe até aqui.

 

Acesse a edição n°114 do Jornal UFLA