Ir direto para menu de acessibilidade.
Coronavírus

Lavar as mãos com água e sabão, e utilizar álcool 70% é uma das melhores formas de prevenção contra doenças

Escrito por DCOM | Publicado: Terça, 17 Março 2020 14:13 | Última Atualização: Sexta, 27 Março 2020 11:35 | Acessos: 54073
alcool 70 por cento

A preocupação com o novo coronavírus, o Covid-19, elevou o alerta mundial com os cuidados básicos de higiene, como lavar as mãos e utilizar o álcool etílico (etanol), um antisséptico que tem a função de desinfetar a pele humana.

No Brasil, até as 9h30 desta terça-feira (17/3) o número de casos do coronavírus no país chegou a 234, segundo o último balanço oficial do Ministério da Saúde, enquanto as secretarias estaduais contabilizaram 301. Em meio à avalanche de informações na internet, as autoridades alertam as pessoas para não compartilhar notícias falsas, as conhecidas fake news, que espalham desinformação. Por isso, conversamos com o professor do Departamento que Química da Universidade Federal de Lavras (UFLA) Sérgio Scherrer Thomasi, que falou sobre o uso do álcool em gel.

O álcool em gel 70% é considerado pelo Conselho Federal de Química (CFQ) uma medida eficiente para se proteger de vírus e bactérias, bem como lavar as mãos com água e sabão.

A higienização das mãos é uma das principais formas de prevenir-se de doenças. Isso porque as mãos tocam diversas superfícies ou até mesmo outras pessoas que podem estar infectadas por microrganismos e, ao levar as mãos à boca ou aos olhos, esses seres podem entrar em nosso corpo causando as doenças.

É importante adotar medidas de prevenção para evitar a contaminação:

  1. lave as mãos com água e sabão e, sempre que possível, use álcool gel 70%;
  2. cubra nariz e boca ao espirrar ou tossir;
  3. evite aglomerações;
  4. não compartilhe objetos de uso pessoal, como copos, talheres, garrafas;
  5. mantenha os ambientes bem ventilados;
  6. não toque as regiões dos olhos, nariz e boca sem antes lavar as mãos;
  7. mantenha-se hidratado;
  8. realize o isolamento domiciliar preventivo, de sete dias corridos, caso esteja vindo do exterior;
  9. evite contato direto da boca com as torneiras de bebedouros;
  10. mantenha atenção para indivíduos que apresentem febre e sintomas respiratórios (tosse, coriza etc.). Oriente-os a procurar atendimento em serviço de saúde e, conforme recomendação médica, manter afastamento das atividades;
  11. comunique às autoridades sanitárias a ocorrência de suspeita de caso(s) de infecção humana pelo novo coronavírus (COVID-19).

Confira a reportagem com o professor Sérgio Scherrer Thomasi e adote medidas para sua segurança.

Reportagem: Karina Mascarenhas, jornalista - bolsista Dcom/Fapemig

Imagens e Edição do Vídeo: Luiz Felipe - Dcom/ UFLA