Ir direto para menu de acessibilidade.
Covid-19

UFLA dá suporte à Prefeitura de Lavras na realização de testes rápidos para detecção do novo coronavírus

Escrito por Samara Avelar | Publicado: Quinta, 28 Mai 2020 12:13 | Última Atualização: Quinta, 28 Mai 2020 12:16 | Acessos: 1444
Gentileza solicitar descrição da imagem

Uma equipe composta por professores e estudantes do Departamento de Ciências da Saúde (DSA) da Universidade Federal de Lavras (UFLA) está trabalhando junto com a Prefeitura Municipal de Lavras em uma busca ativa para estimar o número de pessoas que já se infectaram com o novo coronavírus no município.

As visitas às residências para testagem de casos de síndromes gripais notificados pela Vigilância Epidemiológica Municipal tiveram início nesta quinta-feira (28/05). Estudantes do curso de Medicina da UFLA, sob coordenação da professora Danielle Santana, fazem o agendamento e acompanham os profissionais de saúde do Município para o procedimento.

Nesta primeira fase, 100 pessoas devem ser submetidas a testes rápidos. A testagem foi encomendada pelo Comitê Intersetorial de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 (CIPEC), que está mapeando os casos e acompanhando diariamente a velocidade de disseminação do contágio entre os lavrenses para orientar as medidas distanciamento social.

A testagem inclui os casos de síndromes gripais notificados pela Vigilância Epidemiológica Municipal que se enquadram em pelo menos um dos seguintes critérios:

- idade superior a 60 anos;

- população economicamente ativa entre 15 e 59 anos;

- pacientes com co-morbidades (diabetes, hipertensão, cardiopatias, imunodepressão ou imunossupressão, doenças renais crônicas, doenças respiratórias crônicas);

- profissional de saúde em atividade de assistência ou gestão;

- profissional de segurança pública em atividade;

- pessoa que resida no mesmo domicílio que profissional de saúde ou segurança pública em atividade.

Segundo a professora Danielle, os estudantes da UFLA entrarão em contato com as pessoas que forem incluídas em pelo menos um dos critérios definidos para testagem. “Um estudante ligará para a pessoa e explicará os procedimentos que serão realizados. O teste é rápido e gratuito, não obrigatório, e não é necessário mais que 15 minutos para o resultado”, explica.

A coordenadora do CIPEC e professora do DSA, Joziana Barçante, reforça que a ação da Prefeitura Municipal busca obter informações que possam subsidiar as medidas de prevenção e enfrentamento da doença, e reitera que a testagem é gratuita e não obrigatória.

Em caso de dúvidas sobre os procedimentos e por medida de segurança, todos os nomes dos voluntários cadastrados na ação podem ser conferidos com a Vigilância Epidemiológica pelo telefone (35) 38218286.

Atenção! As notícias mais antigas (anteriores a Maio/2018) estão disponíveis em nosso repositório de notícias no endereço www.ufla.br/dcom.